RYBENINHA

RYBENINHA
SINAL: BEM -VINDOS

DÊ-ME TUA MÃO QUE TE DIREI QUEM ÉS



“Em minha silenciosa escuridão,
Mais claro que o ofuscante sol,
Está tudo que desejarias ocultar de mim.
Mais que palavras,
Tuas mãos me contam tudo que recusavas dizer.
Frementes de ansiedade ou trêmulas de fúria,
Verdadeira amizade ou mentira,
Tudo se revela ao toque de uma mão:
Quem é estranho,
Quem é amigo...
Tudo vejo em minha silenciosa escuridão.
Dê-me tua mão que te direi quem és."


Natacha (vide documentário Borboletas de Zagorski)


SINAL DE "Libras"

SINAL DE "Libras"
"VOCÊ PRECISA SER PARTICIPANTE DESTE MUNDO ONDE MÃOS FALAM E OLHOS ESCUTAM, ONDE O CORPO DÁ A NOTA E O RÍTMO. É UM MUNDO ESPECIAL PARA PESSOAS ESPECIAIS..."

LIBRAS

LIBRAS
" A Língua de Sinais é, nas mãos de seus mestres, uma linguagem das mais belas e expressivas, para a qual, no contato entre si é como um meio de alcançar de forma fácil e rápida a mente do surdo, nem a natureza nem a arte proporcionaram um substituto satisfatório." J. Schuyler Long

LIBRAS

LIBRAS
"Se o lugar não está pronto para receber todas as pessoas, então o lugar é deficiente" - Thaís Frota

LIBRAS

LIBRAS
Aprender Libras é respirar a vida por outros ângulos, na voz do silêncio, no turbilhão das águas, no brilho do olhar. Aprender Libras é aprender a falar de longe ou tão de perto que apenas o toque resolve todas as aflições do viver, diante de todos os desafios audíveis. Nem tão poético, nem tão fulgaz.... apenas um Ser livre de preconceitos e voluntário da harmonia do bem viver.” Luiz Albérico B. Falcão

PEDAGOGIA SURDA

PEDAGOGIA SURDA
PROFESSOR BILÍNGUE

QUANDO EU ACEITO A LÍNGUA DE SINAIS

QUANDO EU ACEITO A LÍNGUA DE SINAIS
“ A língua de sinais anula a deficiência e permite que os surdos constituam, então, uma comunidade lingüística minoritária diferente e não um desvio da normalidade”. Skliar

domingo, 14 de junho de 2015

Faculdades têm de pagar intérpretes de libras para alunos surdos

Faculdades têm de pagar intérpretes de libras para alunos surdos, diz MEC

Faculdades têm de pagar intérpretes de libras para alunos surdos, diz MEC

A Universidade Vale do Rio Doce (Univale), em Governador Valadares, na Região Leste de Minas Gerais, quer que os alunos surdos paguem pelos intérpretes da língua de libras. A prática é considerada irregular pelo Ministério da Educação (MEC).
No edital da Univale, um dos itens diz que se um estudante surdo for aprovado, precisa pagar pelo acompanhamento de um tradutor. Duas alunas que prestaram vestibular para psicologia estão preocupadas.
Eliane Aparecida Silva Duarte, que tem um filho surdo no segundo período de design gráfico, na mesma universidade, é intérprete voluntária, mas não acompanha Renan todos os dias, o que dificultaria o aprendizado.
Em nota, a Univale alegou que tem respaldo da lei, que no antepenúltimo parágrafo, quando diz que “lei não impõe à escola privada de fornecer intérprete de libras”, e que entidades particulares não estariam obrigadas a arcar com as despesas de contratação de alguém que se comunique em libras, apenas as federais.
A advogada Valea Sanches, especialista em direito consumidor, é enfática e disse que a Univale é obrigada a ter intérprete.
A Universidade Presidente Antônio Carlos (Unipac) e a Faculdade de Direito Vale do Rio Doce (Fadivale) também foram procuradas. Em nota, a Unipac garantiu que, caso um aluno surdo passe no vestibular, a instituição vai providenciar um intérprete. O mesmo informou a Fadivale. Ainda assim, 130 surdos da Associação dos Deficientes Auditivos têm dificuldades de acesso ao ensino superior.
Todas as escolas citadas informaram que os prédios possuem acessos adequados a deficientes físicos, o que é sugerido pela União.
Por meio de nota, o MEC informou que, a partir do momento em que a instituição aceita a inscrição de alguém com alguma deficiência ou mobilidade reduzida, precisa estar adaptada ou se adaptar. Ainda segundo o órgão, essa é uma das condições para o reconhecimento dos cursos e recredenciamento.
O MEC disse também que, se numa visita, for constatado que essa orientação não é cumprida, a universidade ou faculdade pode ter que firmar acordo de solução dos problemas para manter parceria com o governo federal.

 http://diariodosurdo.com.br/2015/06/faculdades-tem-de-pagar-interpretes-de-libras-para-alunos-surdos-diz-mec/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMENTE AQUI NO BLOG!!!
SEU COMENTÁRIO FAZ TODA DIFERENÇA!!!

Um comentário é o que você pensa, sua opinião, alguma coisa que você quer falar comigo.

BJOS SINALIZADOS.