RYBENINHA

RYBENINHA
SINAL: BEM -VINDOS

DÊ-ME TUA MÃO QUE TE DIREI QUEM ÉS



“Em minha silenciosa escuridão,
Mais claro que o ofuscante sol,
Está tudo que desejarias ocultar de mim.
Mais que palavras,
Tuas mãos me contam tudo que recusavas dizer.
Frementes de ansiedade ou trêmulas de fúria,
Verdadeira amizade ou mentira,
Tudo se revela ao toque de uma mão:
Quem é estranho,
Quem é amigo...
Tudo vejo em minha silenciosa escuridão.
Dê-me tua mão que te direi quem és."


Natacha (vide documentário Borboletas de Zagorski)


SINAL DE "Libras"

SINAL DE "Libras"
"VOCÊ PRECISA SER PARTICIPANTE DESTE MUNDO ONDE MÃOS FALAM E OLHOS ESCUTAM, ONDE O CORPO DÁ A NOTA E O RÍTMO. É UM MUNDO ESPECIAL PARA PESSOAS ESPECIAIS..."

LIBRAS

LIBRAS
" A Língua de Sinais é, nas mãos de seus mestres, uma linguagem das mais belas e expressivas, para a qual, no contato entre si é como um meio de alcançar de forma fácil e rápida a mente do surdo, nem a natureza nem a arte proporcionaram um substituto satisfatório." J. Schuyler Long

LIBRAS

LIBRAS
"Se o lugar não está pronto para receber todas as pessoas, então o lugar é deficiente" - Thaís Frota

LIBRAS

LIBRAS
Aprender Libras é respirar a vida por outros ângulos, na voz do silêncio, no turbilhão das águas, no brilho do olhar. Aprender Libras é aprender a falar de longe ou tão de perto que apenas o toque resolve todas as aflições do viver, diante de todos os desafios audíveis. Nem tão poético, nem tão fulgaz.... apenas um Ser livre de preconceitos e voluntário da harmonia do bem viver.” Luiz Albérico B. Falcão

PEDAGOGIA SURDA

PEDAGOGIA SURDA
PROFESSOR BILÍNGUE

QUANDO EU ACEITO A LÍNGUA DE SINAIS

QUANDO EU ACEITO A LÍNGUA DE SINAIS
“ A língua de sinais anula a deficiência e permite que os surdos constituam, então, uma comunidade lingüística minoritária diferente e não um desvio da normalidade”. Skliar

sexta-feira, 26 de junho de 2015

Ópera promove inclusão por meio da linguagem de sinais em Bauru

Ópera promove inclusão por meio da linguagem de sinais em Bauru

A ópera é contada e cantada pela Companhia de Ópera Curta 
A Ópera La Traviata será apresentada nesta quinta-feira (25), às 20h, no Teatro Municipal Celina Lourdes Alves Neves, em Bauru (SP). A ópera é contada e cantada pela Companhia de Ópera Curta, e executada por um quinteto de cordas composto de violinos, viola, cello e contrabaixo.
Durante o espetáculo com duração de 1h20, além das legendas em português das partes cantadas no original italiano, o espetáculo será integralmente interpretado na Linguagem Brasileira de Sinais (Libras) para os deficientes auditivos. Já para os deficientes visuais, haverá uma cabine para transmissão simultânea da audiodescrição. Cada deficiente visual receberá na entrada do espetáculo um headfone entregue por um recepcionista.
saiba mais
Na ocasião da retirada dos fones, deverá ser entregue um documento que será devolvido ao final do espetáculo na devolução do headfone. O número máximo de headfones distribuídos é de 50 unidades.
A Companhia ressalta que os deficientes visuais deverão entrar na sala 20 minutos antes do início do espetáculo para que seja feita a apresentação do que irá ocorrer durante o espetáculo.
Baseada na ópera homônima de Giuseppe Verdi (1813 -1901) e com acessibilidade para o público, esta é a terceira vez que o teatro de Bauru recebe o projeto, sendo que o diferencial deste ano é a entrada gratuita. Não haverá a retirada de ingressos, sendo respeitada rigorosamente a capacidade do espaço que é de 450 pessoas.
Serviço
Ópera La Traviata
Local: Teatro Municipal de Bauru – Avenida Nações Unidas, 8-9
Horário: 20 horas
Gratuito

 http://diariodosurdo.com.br/2015/06/opera-promove-inclusao-por-meio-da-linguagem-de-sinais-em-bauru/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMENTE AQUI NO BLOG!!!
SEU COMENTÁRIO FAZ TODA DIFERENÇA!!!

Um comentário é o que você pensa, sua opinião, alguma coisa que você quer falar comigo.

BJOS SINALIZADOS.