RYBENINHA

RYBENINHA
SINAL: BEM -VINDOS

DÊ-ME TUA MÃO QUE TE DIREI QUEM ÉS



“Em minha silenciosa escuridão,
Mais claro que o ofuscante sol,
Está tudo que desejarias ocultar de mim.
Mais que palavras,
Tuas mãos me contam tudo que recusavas dizer.
Frementes de ansiedade ou trêmulas de fúria,
Verdadeira amizade ou mentira,
Tudo se revela ao toque de uma mão:
Quem é estranho,
Quem é amigo...
Tudo vejo em minha silenciosa escuridão.
Dê-me tua mão que te direi quem és."


Natacha (vide documentário Borboletas de Zagorski)


SINAL DE "Libras"

SINAL DE "Libras"
"VOCÊ PRECISA SER PARTICIPANTE DESTE MUNDO ONDE MÃOS FALAM E OLHOS ESCUTAM, ONDE O CORPO DÁ A NOTA E O RÍTMO. É UM MUNDO ESPECIAL PARA PESSOAS ESPECIAIS..."

LIBRAS

LIBRAS
" A Língua de Sinais é, nas mãos de seus mestres, uma linguagem das mais belas e expressivas, para a qual, no contato entre si é como um meio de alcançar de forma fácil e rápida a mente do surdo, nem a natureza nem a arte proporcionaram um substituto satisfatório." J. Schuyler Long

LIBRAS

LIBRAS
"Se o lugar não está pronto para receber todas as pessoas, então o lugar é deficiente" - Thaís Frota

LIBRAS

LIBRAS
Aprender Libras é respirar a vida por outros ângulos, na voz do silêncio, no turbilhão das águas, no brilho do olhar. Aprender Libras é aprender a falar de longe ou tão de perto que apenas o toque resolve todas as aflições do viver, diante de todos os desafios audíveis. Nem tão poético, nem tão fulgaz.... apenas um Ser livre de preconceitos e voluntário da harmonia do bem viver.” Luiz Albérico B. Falcão

PEDAGOGIA SURDA

PEDAGOGIA SURDA
PROFESSOR BILÍNGUE

QUANDO EU ACEITO A LÍNGUA DE SINAIS

QUANDO EU ACEITO A LÍNGUA DE SINAIS
“ A língua de sinais anula a deficiência e permite que os surdos constituam, então, uma comunidade lingüística minoritária diferente e não um desvio da normalidade”. Skliar

quinta-feira, 30 de outubro de 2014

Oficina de Desenho em Libras

Sapheara: super heroína da Marvel com implante coclear bilateral


marvel-Sapheara

A Marvel desenvolveu um super-herói surdo em 2012 chamado The Blue Ear, para convencer um garotinho, então com quatro anos de idade, Anthony Smith, que desistiu de seus aparelhos auditivos por frustração e os enterrou na areia, que nem a deficiência pode impedir alguém de ser um super-herói. O Blue Ear Azul uniu forças com o Gavião Arqueiro naquela época, e vai estar ao lado de uma nova super-heroína com deficiência auditiva, Sapheara.
Sapheara usa implantes cocleares, e foi criada pela Marvel Soluções Personalizadas e pelo Instituto de Audição Infantil de Nova York.
Lançada no instituto de Audição Infantil de Nova York e pela Enfermaria de Olhos e Ouvidos do Hospital Mount Sinai, a série “Efeitos Sonoros” de quadrinhos da Marvel mostra a nova heroína, juntamente com seu parceiro, que foi renomeado em homenagem ao menino que o inspirou, em parceria com Homem de Ferro para combater o crime, bem como educar as crianças sobre como usar corretamente e manter aparelhos auditivos.
A história em quadrinhos mostra que, assim como o Demolidor, que tem deficiência visual, não significa que você não pode ser um super-herói. Ao lado de várias das pessoas que trabalham duro por trás do projeto, o Homem de Ferro fez uma aparição para endossar seus novos amigos. Dr. Ronald Hoffman, o diretor do Instituto de ouvido na Enfermaria de Olhos e Ouvidos do Hospital Mount Sinai, em Nova York, criou originalmente a idéia para a nova dupla, em um esforço para encorajar a confiança para as crianças com surdez total ou parcial e suas famílias.
Dr. Hoffman disse:
“Tendo Sapheara como um recurso para o entretenimento e educação, é possível ajudar muito mais pacientes a receberem as avaliações e os cuidados de que necessitam para levar uma vida ativa e engajada”.
A revista em quadrinhos será distribuído para cerca de 150 mil alunos, que vão de 3 a 7 ª série, em Nova York.

 http://cronicasdasurdez.com/

sexta-feira, 24 de outubro de 2014

Perda auditiva: ruído nas escolas prejudica audição

aparelho-auditivo-aparelhos-auditivos-escola-barulho-direito-de-ouvir
Um ambiente destinado para aprendizado, estudo e troca de conhecimentos deveria ser tranquilo e silencioso, mas na realidade isso nem sempre acontece. O ronco do motor de carros e ônibus, o barulho vindo da quadra de esporte, as conversas nos corredores, as conversas paralelas dentro de sala de aula, provocam excesso de ruídos que são prejudiciais para audição de alunos, professores e colaboradores.
Os problemas auditivos, principalmente nos alunos, terão impactos na idade adulta, ou seja, quanto maior a frequência a ambientes barulhentos ao longo da vida, maiores serão as chances de danos à audição.

Perda auditiva: ruídos causam estresse e problemas no aprendizado

Um estudo feito na Alemanha, pela Universidade de Oldenburg, constatou que em muitas escolas os ruídos nas salas de aula podem passar do limite tolerável. O ouvido humano suporta até 65 decibéis, segundo a Organização Mundial de Saúde, acima desse nível organismo sofrerá danos.
Dentro das salas de aula o limite é de 40 a 50 decibéis, de acordo com a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), no entanto, em alguns casos o nível atinge até 75 decibéis e no horário do intervalo os ruídos podem chegar a mais de 100 decibéis.
Esse excesso de ruído é bastante prejudicial para das crianças, pois, além dos problemas auditivos ainda causa estresse, falta de concentração e problemas de aprendizagem.

Perda auditiva: escolas buscam alternativas

Diante de tanto ruído as pessoas com boa audição são prejudicadas e um aluno com perda auditiva sofre em dobro as consequências desse excesso. Sendo assim, as escolas precisam buscar alternativas para o problema e principalmente ajudar as crianças que possuem essa deficiência.
Os ruídos do ambiente escolar somados as diversas situações como: trânsito, televisão em alto volume, uso de fones de ouvido preocupa os especialistas que constatam a perda auditiva em um número cada vez mais crescente de jovens. Prevenir desde criança é uma excelente maneira de evitar problemas auditivos na fase adulta.
http://www.direitodeouvir.com.br/perda-auditiva-ruido-nas-escolas-prejudica-audicao/

PÓS-GRADUAÇÃO LIBRAS - TATUAPÉ / SP




Olá pessoal garanta já sua matrícula em uma das pós na área de Libras.
Invista em sua formação. Maiores informações seli@seli.com.br e
(11) 20976866/ (11) 37159086. VAGAS LIMITADAS!

EDUCAÇÃO, DIVERSIDADE E INCLUSÃO


Cerca de 140 mil crianças com deficiência estão fora da escola


No país, cerca de 140 mil crianças e jovens estão fora da escola devido a deficiência, transtornos de desenvolvimento, autismo e superdotação, segundo levantamento na base de dados dos que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC) na Escola e têm até 18 anos. A discussão sobre garantir o direito à educação inclusiva a todos os que têm deficiência é tema da Semana de Ação Mundial, que ocorre entre 21 e 27 de setembro e este ano tem como tema o Direito à Educação Inclusiva – Por Uma Escola e Um Mundo para Todos. Como parte das atividades da semana, um seminário foi realizado hoje (23), em Brasília.
A coordenadora executiva da Campanha Nacional pelo Direito à Educação, Iracema Nascimento, avalia que houve avanços significativos na inclusão das pessoas com deficiência nas escolas. No entanto, diz que, para ampliar os resultados do trabalho e garantir as matrículas das pessoas com deficiência em escolas regulares, é preciso superar fatores como a falta de estrutura escolar e também ampliar a qualificação de professores e vencer a resistência de famílias. " Às vezes, há resistência até das famílias, que ficam temerosas de que suas crianças sejam maltratadas", disse Iracema.
Dados da Campanha Nacional pelo Direito à Educação, obtidos a partir do Censo Escolar de 2013, do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), apontam que apenas 6% dos professores que atuam na educação básica têm formação continuada específica em educação especial de, no mínimo, 80 horas.

A escola que receber o aluno com deficiência tem que ter material didático adequado para atender adequadamente o estudante, como livros em braille ou material audiovisual Alexandre Rezende/Folhapres
Mãe de um adolescente com paralisia cerebral, Keila Chaves fundou o Centro de Apoio a Mães dos Portadores de Eficiência (Campe). Ela relata que enfrentou dificuldades para matricular o filho em escola regular. Segundo ela, é fundamental que as famílias se mobilizem e busquem informações para garantir o direito à educação inclusiva. "Não sabíamos que a educação era um direito. Quando eu chegava na escola atrás de vaga, a resposta era que lá não era lugar para o meu filho, que a escola não estava preparada. Eu até começava a me condenar por buscar isso para ele", relata.
Keila conta que sua percepção sobre o direito à educação mudou quando ela tomou conhecimento da Declaração de Salamanca, que trata dos princípios, política e práticas em educação especial. A declaração foi aprovada em 1994 na Conferência Mundial de Necessidades Educacionais Especiais, na Espanha, por representantes de 88 países e 25 organizações internacionais. O documento garante aos portadores de deficiência física o ingresso no ensino regular.
A coordenadora-geral de Articulação da Política de Inclusão no Sistema de Ensino da Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão, do Ministério da Educação, Suzana Maria Brainer, destaca que os avanços da inclusão dos deficientes na educação são crescentes. Ela ressalta que, embora 140 mil jovens e crianças de até 18 anos que recebem o BPC na Escola ainda estejam fora da sala de aula, esse número chegava a 374 mil em 2007, quando o BPC foi criado.

 http://educacao.uol.com.br/noticias/2014/09/23/cerca-de-140-mil-criancas-com-deficiencia-estao-fora-da-escola.htm

ESPECIALIZAÇÃO EM LIBRAS - SALVADOR / BA


LEGENDAS OU INTÉRPRETE?




 A Globo de Paraíba está de parabéns!
 E você? No seu estado tem intérprete? 
Comente aqui.

1º CONGRESSO NACIONAL DE AVIAÇÃO PARA SURDOS



INSCRIÇÃO ABERTA!
Site: http://goo.gl/dWyVec
1º CONGRESSO NACIONAL DE AVIAÇÃO PARA SURDOS
300 vagas limitadas!!!

Confira reportagem sobre Gladis Perlin em uma revista.

 
A EXPERIÊNCIA DIFERENTE DE SER Primeira doutora surda do País, a professora gaúcha Gládis Perlin, 60 anos, participou, na última terça-feira, de uma defesa de tese e de uma palestra promovida pela Furg. 
 

PIQUENIQUE EM LÍNGUA DE SINAIS - UFSC - 25/10/14

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=1518502001731241&set=a.1518502641731177.1073741830.100007143670721&type=1&theater

6º Fórum Sobre Deficiência Auditiva e Implante Coclear - SÃO PAULO / SP



Dia 8 de novembro, no Espaço Fit Eventos, acontecerá o 6º Fórum Sobre Deficiência Auditiva e Implante Coclear, um evento com diversas atividades como palestras, depoimentos de usuários de Implante Coclear, entre outras coisas.
Atenção! Todas as atividades terão intérprete de Libras.
Não perca! As inscrições são gratuitas!

Para se inscrever, clique aqui: www.arbopec.com.br/caoic

ELEIÇÕES: MAIS SINAIS...


Importante Reuião de esportes da asmoc - MONTES CLAROS / MG

Propaganda Libras TSE - 2014

terça-feira, 21 de outubro de 2014

O QUE É INCLUSÃO?

https://www.facebook.com/489137061167421/photos/a.489162021164925.1073741828.489137061167421/700899769991148/?type=1&theater

Configuração de Mãos em Libras.

Nelson Pimenta Poesia Cinco Sentido em LIBRAS

DEBATE PARA SURDOS DA ASMOC - MONTES CLAROS / MG

Depois do Debate para Surdos da ASMOC, surdos pedem que seja colocado intérpretes no Debate da Globo. Vamos todos os surdos lutar juntos.

OS CRAQUES DA LIBRAS - FESTIVAL DE FOLCLORE SINALIZADO - UFSC

https://www.facebook.com/112968902115973/photos/a.212993325446863.53144.112968902115973/719637298115794/?type=1&theater

Campanha Outubro Rosa em Libras (Câncer de mama)

DEIXE SUA OPIÃNIO...

https://www.facebook.com/EnsinoLibras/photos/a.668389733230235.1073741828.668362346566307/717174838351724/?type=1&theater

Sobre Ebola em Libras - Língua Brasileira de Sinais

Informação: Água e Natureza em Libras

Sobre Futsal para as meninas surdas em Montes Claros/ MG


O SURDO NÃO USA GESTOS NEM MÍMICAS, E SIM SINAIS.


CURSO DE Libras - São Paulo Capital - MOVIMENTO LIBRAS


WWW.MOVIMENTOLIBRAS.WEBNODE.COM

CURSO DE Libras - São Paulo Capital - IGREJAS / ESCOLAS / EMPRESAS / PARTICULARES E WORKSHOP
Contato: E-Mail - movimentolibras@gmail.com
Contato: Vagner e Beth Libras -
Diretores do Movimento Libras

OFICINA: O MUNDO DOS SURDOS EO ABSURDO DO MUNDO - MAUÁ / SP


DEIXE SUA OPINIÃO...


https://www.facebook.com/EnsinoLibras/photos/a.668389733230235.1073741828.668362346566307/717564271646114/?type=1&theater

Quando Eu Chorar. Bruna Karla (Libras)

Animação produzida por surdos chega à UNICAP

Exibição acontece dentro da programação do 3º Encontro Foto Vídeo da universidade

Animação produzida por surdos chega à UNICAP  
Animação 'Mãos' vai ser exibida no 3º Encontro Foto Vídeo da UNICAP | 
O curta metragem Mãos, produzido pelos alunos  do 2º Animalibras, curso de cinema de Animação Stop Motion para surdos, vai ser exibido dentro da programação do 3º Encontro Foto Vídeo, produzido pelo Núcleo de Fotografia da Universidade Católica de Pernambuco. O evento começa nesta segunda (20) e vai até a quarta (22). As exibições são abertas ao público e são gratuitas.
Mãos teve produção incentivada pelo Funcultura AudioVisual e já foi exibido para mais de 3 mil pessoas. Na última sexta (17), o público brasiliense conferiu a produção no auditório da Universidade de Brasília (UNB). A produção coloca os alunos surdos como protagonistas para multiplicarem o que aprenderam durante o curso.
As oficinas do Animalibras já passaram por importantes festivai de Pernambuco como o Festival de Inverno de Garanhuns e o Animage.

http://pernambuco.ig.com.br/cultura/2014/animacao-produzida-por-surdos-chega-unicap

Paula perdeu a audição quando jovem e voltou a ouvir com um implante coclear - Encontro com Fátima Bernardes



CONFIRA:


http://globotv.globo.com/rede-globo/encontro-com-fatima-bernardes/v/paula-perdeu-a-audicao-quando-jovem-e-voltou-a-ouvir-com-um-implante-coclear/3710325/

Curta: Inclusão

Só a união pode transformar vidas
 
Vejam esse lindo curta é de emocionar e nos leva a refletir sobre nossos atos. 


Curta: Inclusão

QUANDO VOCÊ DESISTE DE APRENDER LIBRAS, VOCÊ DESISTE DE UM SURDO.


domingo, 19 de outubro de 2014

I torneio Fustal Nacional de Associações de Surdos

https://www.facebook.com/SurdosGuarda/photos/gm.769553266437429/1543366232550477/?type=1&theater

III Encontro Estadual da Associação dos Profissionais Intérpretes de Língua de Sinais do Estado de São Paulo - APILSBESP. Dia 12 e 13 de dezembro.


EVENTO: 

III Encontro Estadual da Associação dos Profissionais Intérpretes de Língua de Sinais do Estado de São Paulo - APILSBESP. Dia 12 e 13 de dezembro. Participe!

 https://www.facebook.com/apildf/photos/a.1374457212809596.1073741828.1374455582809759/1413327388922578/?type=1&theater

DEBATE PARA SURDOS - PT E PSDB SEGUNDA FEIRA (20 DE OUTUBRO) - MONTES CLAROS / MG



IMPORTANTE PARA TODOS OS SURDOS
DEBATE PT E PSDB
SEGUNDA FEIRA (20 DE OUTUBRO)
19H
CÂMARA DE VEREADORES DE MONTES CLAROS

PARTICIPEM E AJUDEM NA DIVULGAÇÃO

 https://www.facebook.com/video.php?v=662213713900277

INCLUSIVE EU - Surdez




Carine e Fernanda são irmãs e estão descobrindo o mundo por meio da Língua Brasileira de Sinais, a Libras. A língua de sinais, ensinada na escola por um instrutor surdo, é fundamental para a formação da identidade dessas irmãs e media seu entendimento de mundo. Mostramos um pouco dessa dinâmica escolar e dividimos com a mãe suas angústias por não saber se comunicar bem com as filhas. Com Ulrich, fluente em Libras e formado em Pedagogia pelo Instituto Nacional de Educação de Surdos (Ines), vamos conhecer sua luta por um olhar diferenciado sobre os surdos, como uma minoria linguística. E com o jovem casal Priscilla e Erick, ambos surdos, vamos descobrir o conflito linguístico que vivem, na criação de seus dois filhos -- um menino surdo e uma menina ouvinte -- e a busca por uma educação bilíngue.

I Fórum de Tradutores e Intérpretes de Língua de Sinais das Instituições Federais de Ensino - 12 E 14/11/14 / SC



EVENTO: 

O I Fórum de Tradutores e Intérpretes de Língua de Sinais das Instituições Federais de Ensino pretende congregar os tradutores e intérpretes das Instituições Federais de Ensino, inaugurando um espaço de interação e reflexão profissional, com vistas à afirmação, promoção e qualificação da carreira. Acontecerá na UFSC em Florianópolis/SC nos dias 12 e 14 de novembro deste ano.
Maiores informações acesse: 

III CONFERÊNCIA DE EDUCAÇÃO BILÍNGUE PARA SURDOS DE PERNAMBUCO -

https://www.facebook.com/314234952012593/photos/a.314651961970892.1073741828.314234952012593/506534492782637/?type=1&theater

Surdo comunica com os pés - Superação

 

https://www.facebook.com/video.php?v=714148335321041

15 DE OUTUBRO - DIA DO PROFESSOR

https://www.facebook.com/EnsinoLibras/photos/a.668389733230235.1073741828.668362346566307/714738795261995/?type=1&theater

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=840291596021179&set=a.191451350905210.66572.100001210390819&type=1&theater


Jovens surdos trabalham monitorando câmeras em Jundiaí

Deficientes foram contratados pela Guarda Municipal.
Concentração do grupo é maior do que os ouvintes.

Do G1 Sorocaba e Jundiaí
Jovens deficientes auditivos de Jundiaí (SP) estão trabalhando no monitoramento de câmeras da Guarda Municipal da cidade. Segundo o comando da guarda, os novos cotratados se concentram com mais facilidade que os ouvintes e o resultado positivo já apareceu no dia a dia.

Os olhos precisam ficar grudados na tela do computador. Rodrigo e Erivelton, que são deficientes auditivos, fazem parte da nova equipe. Eles observam o cotidiano da cidade e ao menor sinal de perigo, emitem o alerta.
Para trabalhar eles fizeram um treinamento. Depois foi feita uma adaptação na estação de trabalho. Quando é preciso passar alguma informação, o sinal luminoso é usado. "Por eles serem surdos, não se distraem com qualquer ruído externo ou conversa", diz a guarda Andréia Pontes.

No início do trabalho a equipe recebeu a primeira missão: encontrar um homem num bairro de Jundiai. Foram passadas as características, como altura e cor da roupa e em poucos segundos, o suspeito foi localizado.
A fonoaudióloga Flavia Muniz explica que a deficiência faz com que as pessoas desenvolvam uma habilidade especial. "Por usar demais esse sentido, ele fica aguçado, diferentemente de quem não tem essa necessidade", explica.
Com o sucesso do projeto, a equipe deve aumentar de quatro para seis deficientes auditivos. "Com esse trabalho que está sendo realizado com qualidade, nós podemos confirmar que é possível a inclusão", afirma o subcomandante Paulo Soares.
O trabalho também é importante para os funcionários com deficiência. " Eles percebem que no trabalho são todos iguais", diz a intérprete.
Concentração de deficientes é maior do que dos outros funcionários (Foto: Reprodução/ TV TEM) 
Concentração de deficientes é maior do que dos outros funcionários
 (Foto: Reprodução/ TV TEM)
 
 http://g1.globo.com/sao-paulo/sorocaba-jundiai/noticia/2014/10/jovens-surdos-trabalham-monitorando-cameras-em-jundiai.html

QUINTA INCLUSIVA - A LEGISLAÇÃO DE EDUCAÇÃO INCLUSIVA COMO METACONTINGÊNCIA - GEINE / UFMG - BH /MG


https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10205388683540529&set=p.10205388683540529&type=1&theater

Como falam as mãos

DESAFIO. # Complete:


https://www.facebook.com/EnsinoLibras/photos/a.668389733230235.1073741828.668362346566307/714899208579287/?type=1&theater

CAMISETA COM SEU NOME EM LIBRAS

  
Mais uma camiseta vendida, para Douglas, da Vila Mariana em São Paulo. Compre a sua aqui: 

www.libras.com.br

 https://www.facebook.com/Libras.Brasil/photos/a.226107610765526.53582.224480254261595/803955269647421/?type=1&theater

Nós queremos Libras nas escolas! E você?

https://www.facebook.com/EuAmoLibras/photos/a.717246261686368.1073741825.284149138329418/717246241686370/?type=1&theater

Festa do Dia das Bruxas da Associação de Surdos da Grande Florianópolis!



Atenção Comunidade Surda!
Festa do Dia das Bruxas da Associação de Surdos da Grande Florianópolis!
Participem!


https://www.facebook.com/photo.php?fbid=4790784144198&set=a.1541096824046.47924.1733724927&type=1&theater

Livro infantil: "Brincando e aprendendo com Libras"


O livro infantil "Brincando e Aprendendo com Libras" foi elaborado em 1999 pelas autoras Irene Stock e Dra Karin Lilian Strobel e não mais está disponível para a venda. 
Dra Karin scaneou o material e nos disponibilizou. 
O livro está "recheado de atividades em Libras". Material riquíssimo!!!!




Faça o download
CLIQUE AQUI!!!!!!

http://oficinadelibras.blogspot.com.br/2014/10/livro-infantil-brincando-e-aprendendo.html

PALESTRA SOBRE ENCONTRO DOS ATLETAS SURDOS - BH / MG


https://www.facebook.com/Librasdiaria/photos/a.364298427050718.1073741825.119026531577910/397562920390935/?type=1&theater

Declaração de Salamanca (Unesco,1994):







 
Declaração de Salamanca (Unesco,1994):

‘’Todos os alunos devem aprender juntos, sempre que possível independente das dificuldades e das diferenças que apresentam’’.

No que diz respeito especificamente aos alunos surdos:

‘'Políticas educacionais deveriam levar em total consideração as diferenças e situações individuais. A importância da linguagem de signos como meio de comunicação entre os surdos, por exemplo, deveria ser reconhecida e provisão deveria ser feita no sentido de garantir que todas as pessoas surdas tenham acesso a educação em sua língua nacional de signos. Devido às necessidades particulares de comunicação dos surdos e das pessoas surdas/cegas, a educação deles pode ser mais adequadamente provida em escolas especiais ou classes especiais e unidades em escolas regulares.’’

 https://www.facebook.com/avozdosurdo/photos/a.378000635680588.1073741826.377052345775417/393234380823880/?type=1&theater

SINAL: CALOR

 
https://www.facebook.com/Libras.Brasil/photos/a.226107610765526.53582.224480254261595/804827412893540/?type=1&theater

sexta-feira, 10 de outubro de 2014

DESAFIO - DESCUBRA O SINAL E CITE OUTRO SINAL QUE VOCÊ CONHECE COM A MESMA CONFIGURAÇÃO DE MÃO.

TURMA DO 8º PERÍODO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS, QUERO VER A PARTICIPAÇÃO DE TODOS HEIN? CAPRICHEM!
 

terça-feira, 7 de outubro de 2014

III ENCONTRO DAS ASSOCIAÇÕES DE SURDOS DO NORDESTE - EASNE - 09 E 10/10/14

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=697969356945377&set=pcb.697969600278686&type=1&theater

Indiano reclama de dor e médicos descobrem grilo vivendo em seu ouvido

De acordo com Michael Sweer, professor na Universidade de Derby, na Inglaterra, os grilos são conhecidos como espécies invasoras e que vivem em todos os lugares possíveis


 http://noticias.r7.com/saude/fotos/indiano-reclama-de-dor-e-medicos-descobrem-grilo-vivendo-em-seu-ouvido-07102014#!/foto/4

https://www.facebook.com/portalr7/photos/a.463746656637.246885.142404191637/10152539455276638/?type=1&theater

OFICINA DE GESTUNO SOCIEDADE DOS SURDOS DE CAXIAS DO SUL


https://www.facebook.com/ASPILSOficial/photos/a.537196332999485.1073741825.502470923138693/817995678252881/?type=1&theater

DIA DAS CEIANÇAS - Associação dos Surdos de Contagem / MG - 19/10/14



https://www.facebook.com/photo.php?fbid=738360472868506&set=a.425353830835840.87392.100000836815383&type=1&theater

Irmãos cocleares: a história de uma dupla muito especial

‘Meu nome é Fernanda, tenho 34 anos, nasci e morei praticamente minha vida em São Paulo, mas há um ano, moro em Angra dos Reis. Fiz Engenharia de Materiais, cheguei a exercer, mas hoje leciono matemática. Trabalhei 4 anos dando aula na Fundação Casa , amo trabalhar com projetos e trabalho social.Tenho 2 filhos campeões!
Em março de 2010, tive o meu primeiro filho, o Pedro, nasceu de 35 semanas devido a hipertensão gravídica, ficou 10 dias na UTI Neonatal, mas bem, o procedimento foi só para amadurecer seus pulmões, não tomou nenhuma medicação. O penúltimo dia antes da sua alta, fizemos Emissões Otoacústicas (Teste da Orelhinha) e BERA, ambos com ausência e não demorou muito para sair o diagnostico de Surdez Profunda Bilateral. Nossa primeira fono foi a Michele Vargas Garcia, hoje professora da Universidade Federal de Santa Maria, RS, um anjo em nossas vidas, ela nos indicou a Marianni Moreira Costa fono que oralizaria o Pedro.

 

 mg_2694 

 dscn3186 

 img_0095

Desde 4 meses, Pedro usou AASI (Aparelho de Amplificação Sonora Individual) e nesta altura fazia sessões de fono 1 vez por semana. Teve resposta, mas não suficiente para aquisição da fala. Entramos de cabeça na oralização do Pedro e quando ele completou 1 ano e 1 mês fez sua cirurgia de Implante Coclear Bilateral, com Dr. Arthur Menino Castilho, excelente médico. Após ativação, Pedro começou a fazer fono 2 vezes por semana com nossa parceira Mari.  Pedro respondeu sempre muito bem com 3 meses de ativado balbuciava mamamamá e com 6 meses falou áua (água), sua primeira palavra. A família SEMPRE aproveitou todas as pistas que Pedro demonstrava e o cotidiano para contextualizar o mundo para Pedro.
Pedro hoje fala (pelos cotovelos), manda muito bem na escola, é um super cantor e compreende plenamente o mundo. A Mari parceira fono, virou nossa GRANDE amiga!!! Neste ano tive a minha segunda benção, em junho, o João, amo muito ser mãe! João também falhou nos testes e estamos correndo para tratar o pequeno.  João já usa AASI e vai me dar o prazer do recomeço, de me emocionar e comemorar com muito mais emoção cada evolução, sim porque SEMPRE me alegrou muito isso!! João fará fono no Rio de janeiro, a 170 Km de Angra dos Reis, com a fono Monique Feria da equipe da Dra. Valderez. Moramos em frente ao mar e esse será o cenário das nossas estimulações.

Captura de tela inteira 02102014 100440.bmp

Criei um blog que conta nossa trajetória e vem me ajudando muito HTTP://www.irmaoscocleares.wordpress.com
A surdez me trouxe uma forma linda de ver o mundo e curtir cada cantinho dos meus filhos. Sou uma mãe duplamente presenteada! Fiz um vídeo que gostaria que vocês assistissem – CLIQUE AQUI PARA ASSISTIR.
Durante o vídeo, o vento atrapalhou a minha fala em duas partes, na primeira interferência eu quis dizer:
- Eu aprendi o que é escutar, eu aprendi o que é ouvir, dei muito mais valor pra isso acabei dando muito mais valor para as outras coisas…
E na segunda interferência:
- O Pedro ficou um menino muito mais organizado pelo processo de surdez. pois na fono tinha que brincar e guardar o brinquedo, mexeu com tudo a surdez, na organização, educação …
Resolvi esclarecer assim e não regravar o vídeo, pois quero que o sentimento seja passado da forma que veio a minha cabeça, de como realmente eu encaro e penso. Priorizei o sentimento e não uma fala ensaiada! Contem comigo SEMPRE, coração de mãe é igual ou bem parecido, somos todas apaixonadas pelos filhotes e o amor é UNIVERSAL!’
 http://cronicasdasurdez.com/irmaos-cocleares-a-historia-de-uma-dupla-muito-especial/