RYBENINHA

RYBENINHA
SINAL: BEM -VINDOS

DÊ-ME TUA MÃO QUE TE DIREI QUEM ÉS



“Em minha silenciosa escuridão,
Mais claro que o ofuscante sol,
Está tudo que desejarias ocultar de mim.
Mais que palavras,
Tuas mãos me contam tudo que recusavas dizer.
Frementes de ansiedade ou trêmulas de fúria,
Verdadeira amizade ou mentira,
Tudo se revela ao toque de uma mão:
Quem é estranho,
Quem é amigo...
Tudo vejo em minha silenciosa escuridão.
Dê-me tua mão que te direi quem és."


Natacha (vide documentário Borboletas de Zagorski)


SINAL DE "Libras"

SINAL DE "Libras"
"VOCÊ PRECISA SER PARTICIPANTE DESTE MUNDO ONDE MÃOS FALAM E OLHOS ESCUTAM, ONDE O CORPO DÁ A NOTA E O RÍTMO. É UM MUNDO ESPECIAL PARA PESSOAS ESPECIAIS..."

LIBRAS

LIBRAS
" A Língua de Sinais é, nas mãos de seus mestres, uma linguagem das mais belas e expressivas, para a qual, no contato entre si é como um meio de alcançar de forma fácil e rápida a mente do surdo, nem a natureza nem a arte proporcionaram um substituto satisfatório." J. Schuyler Long

LIBRAS

LIBRAS
"Se o lugar não está pronto para receber todas as pessoas, então o lugar é deficiente" - Thaís Frota

LIBRAS

LIBRAS
Aprender Libras é respirar a vida por outros ângulos, na voz do silêncio, no turbilhão das águas, no brilho do olhar. Aprender Libras é aprender a falar de longe ou tão de perto que apenas o toque resolve todas as aflições do viver, diante de todos os desafios audíveis. Nem tão poético, nem tão fulgaz.... apenas um Ser livre de preconceitos e voluntário da harmonia do bem viver.” Luiz Albérico B. Falcão

PEDAGOGIA SURDA

PEDAGOGIA SURDA
PROFESSOR BILÍNGUE

QUANDO EU ACEITO A LÍNGUA DE SINAIS

QUANDO EU ACEITO A LÍNGUA DE SINAIS
“ A língua de sinais anula a deficiência e permite que os surdos constituam, então, uma comunidade lingüística minoritária diferente e não um desvio da normalidade”. Skliar

terça-feira, 25 de novembro de 2014

"1º Seminário Municipal de Educação de Surdos: bilinguismo, cultura e educação" - 28/11/14 - PORTO VELHO / RO




O Departamento de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino (DADE), através da Divisão de Formação e Multimeios (DIFOM), da Secretaria Municipal de Educação (SEMED) tem a honra de convidar os Gestores, Supervisores, Orientadores e Professores das Salas de Recursos Multifuncionais das Escolas Urbanas do Município de Porto Velho para participarem do "1º Seminário Municipal de Educação de Surdos: bilinguismo, cultura e educação", que será realizado no dia 28 de novembro, das 7:30h às 11:30h e das 13:30h às 17:30h, no Teatro Banzeiros. Este evento é somente para os servidores municipais citados acima, sendo necessário realizar inscrição. Maiores informações enviar email para: difomsemed@gmail.com ou ligar para 3901-2939 (Falar com Francinete ou Lene).

 https://www.facebook.com/photo.php?fbid=820331034689867&set=pcb.820331598023144&type=1&theater

sexta-feira, 21 de novembro de 2014

OFICINA DE SINAIS BÍBLICOS


"Gravidez na Adolescência"

"Especial - Dia do Surdo"

"Eduação Inclusiva"

"Quilombolas"

III ENCONTRO DOS INTÉRPRETES - BRASÍLIA / DF


https://www.facebook.com/photo.php?fbid=831468160208244&set=a.490138474341216.109649.100000352037641&type=1&theater

Cartões Natalinos com Alfabeto Manual - Disponibilizado pela Dra Karin Strobel

Alguns modelos de cartões natalinos para serem confeccionados por alunos surdos ou ouvintes. Podem ser montados em papel sulfite ou em um papel mais grosso!!!





Aplicativo que ajuda deficientes auditivos a tirarem CNH

Aplicativo que ajuda deficientes auditivos a tirarem CNH.



Descrição da imagem: em uma sala duas meninas mostram o novo aplicativo em um tablet. 

A busca pela autonomia das pessoas com deficiência tem sido um tema cada vez mais discutido em vários âmbitos da sociedade. Pensando nisso, as estudantes do 3º ano do Ensino Médio da Fundação Nokia Giovanna Oliveira, 16, e Camila Smith, 16, criaram um aplicativo que auxilia surdos no processo para adquirir a Carteira Nacional de Habilitação (CNH).
De acordo com as estudantes, a ideia do aplicativo surgiu depois de elas constatarem, por meio de leituras, que apenas 10% da população surda do Brasil possui CNH e que a principal dificuldade na hora do teste está na prova teórica, pois a maioria das autoescolas não possui interpréte de libras. “Em Manaus, nós descobrimos que apenas uma autoescola oferece interpréte e isso, com certeza, desmotiva os candidatos a tentarem fazer os testes”, disse Camila Smith.   
O aplicativo Teste e Drive oferece aos deficientes auditivos, de forma simples e acessível, vídeos, imagens e explicações em libras sobre tudo que é ensinado durante o processo de legislação do trânsito. “A grande dificuldade do surdo é compreender o português, pois eles tem como língua materna a Libras, por isso, para o aplicativo funcionar de forma eficiente, era preciso relacionar de forma dinâmica”, explicou Giovanna.
Giovanna conta que o aplicativo ainda não foi testado por um grande número de surdos, porém as pessoas que tiveram acesso à nova ferramenta gostaram e comprovaram a eficácia do produto. “Nós temos percebido que o Teste e Drive tem um grande potencial de mercado”, disse Giovanna.
Para o futuro, as estudantes já pensam em aprimorar e ampliar o aplicativo, que hoje está disponível apenas para telefones celulares Nokia. “Nossa intenção é poder ajudar pessoas através do nosso trabalho”, declarou Camila.
Feira
O aplicativo Teste e Drive foi um dos 55 projetos apresentados ontem, durante a Feira Norte de Tecnologia e Ciência (Fentec). De acordo com a diretora de Ensino e Pesquisa da Fundação Nokia, Ana Rita Arruda, o evento teve como objetivo desenvolver a criatividade dos jovens, pois eles passam o ano inteiro desenvolvendo protótipos em suas áreas de estudo – Informática, Eletrônica, Mecatrônica ou Telecomunicações – para apresentá-los ao público e deixar seu recado sobre o que estão pensando para o futuro.

http://www.sempreincluidos.com.br/3425/3425

Educação de Surdocegos na Rússia




Parte da série “Child Development” (“Desenvolvimento da criança”), o vídeo “Educação de Surdocegos na Rússia” apresenta, de forma breve, questões ligadas à educação de crianças surdas e surdocegas em países da antiga União Soviética, sobretudo da Rússia. As influências teóricas de Lev Vygotsky e Ivan Sokolyansky, as bases metodológicas levadas a cabo na escola para surdocegos de Zagorsk (hoje Sergiyev Posad, cidade ao norte de Moscou), o desenvolvimento de crianças surdocegas, entre outros assuntos, são temas retratados no filme. Abaixo, parte 01; para assistir à segunda parte, clique aqui.

Hoje, é o Dia Mundial da TV




Hoje, é o Dia Mundial da TV e, em comemoração, que tal dar uma espiadinha nos vídeos da TV CES?

 Clique aqui: http://migre.me/mMlg3

A TV INES está apoiando o show ADUNDUNDARANDUN, da cineasta carioca Carolina Sá e do músico cubano René Ferrer.


Olha que legal! 

A TV INES está apoiando o show ADUNDUNDARANDUN, da cineasta carioca Carolina Sá e do músico cubano René Ferrer.

 O show terá intérpretes de Libras traduzindo as músicas ao vivo! Fique ligado para mais informações sobre o evento.

Dia 27/11 às 22:00 na Sala Baden Powell, em Copacabana.

QUE SINAL É ESTE?

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=353669594806696&set=a.169524723221185.1073741827.100004909754399&type=1&theater

CURSO DE LIBRAS - ESPAÇO DA LIBRAS - SAPOPEMBA

| Curso Intensivo de Conversação em Libras 
 - Módulo: Básico / Intermediario / Avançado -
 Local: Unidade Sapopemba / Tucuruvi - 
 Carga-horária: 30 horas - 
Inscrições até 20/12/2014.
Investimento: R$ 120,00 (à vista em dinheiro ou em cheque).

Mais informações: E-mail: Espacodalibras@outlook.com


 https://www.facebook.com/photo.php?fbid=709639915798928&set=a.475024499260472.1073741825.100002587777247&type=1&theater

19 DE NOVEMBRO - DIA DA BANDEIRA


FÉ, FOCO E FORÇA PARA APRENDER LIBRAS


quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Secretaria de Educação de MS abre inscrições para curso de libras


Capacitação será oferecida em Campo Grande.
Aulas são gratuitas. É necessário ter mais de 15 anos.

A Secretaria de Estado de Educação (SED) abre, nesta segunda-feira (17), inscrições para curso de libras em Campo Grande. As aulas são oferecidas, gratuitamente, pelo Centro de Capacitação de Profissionais da Educação e de Atendimento às Pessoas com Surdez (CAS).
Para fazer a inscrição, é necessário ter mais de 15 anos, apresentar cópia do Registro Geral (RG) e uma foto 3x4. As matrículas podem ser feitas na sede do CAS, que fica na rua 13 de Maio, número 1.090, na Vila Liberdade. O Horário de funcionamento é das 7h30 às 11h15; e das 13h30 às 17h15.
O módulo I do curso terá carga horária de 60 horas. Serão três turmas. As aulas serão às segundas e quartas-feiras ou terças e quintas-feiras, das 19h às 20h30, na escola estadual Joaquim Murtinho; ou aos sábados, das 8h às 11h, na escola estadual General Malan.
Para ingressar nas turmas avançadas, os interessados devem agendar uma prova de nivelamento, no ato da inscrição. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (67) 3314-1961.

http://g1.globo.com/mato-grosso-do-sul/noticia/2014/11/secretaria-de-educacao-de-ms-abre-inscricoes-para-curso-de-libras.html

COLONIZAÇÃO DO CONTINENTE AMERICANO LIBRAS

CURSO DE LIBRAS - CIAMP - MONTES CLAROS / MG

https://www.facebook.com/ciampmoc/photos/a.453596498096277.1073741828.450504448405482/568560446599881/?type=1&theater

ANIVERSÁRIO DE PASTORAL DO SURDO -BH - 22 ANOS !


Venham comemorar e participar conosco !

Acesse o Facebook e visite : https://www.facebook.com/pages/Pastor...

Hino Nacional Brasileiro para crianças

Curso Básico de Libras (Língua Brasileira de Sinais), na modalidade a distância.IFNMG - MONTES CLAROS


Termina amanhã, dia 20, o prazo de inscrições para o Processo Seletivo para Ingresso de Cursistas no primeiro semestre de 2015 no Curso Básico de Libras (Língua Brasileira de Sinais), na modalidade a distância.
As vagas deste processo seletivo destinam-se à capacitação de servidores em efetivo exercício no IFNMG, profissionais que atuam como bolsistas no IFNMG ou professores regentes de alunos surdos que, comprovadamente, atuam nessa função em escolas públicas.
A inscrição, gratuita, neste Processo Seletivo dar-se-á, exclusivamente, via internet, no endereço eletrônico http://ead.ifnmg.edu.br.

Acesse aqui o Edital nº 297/14 Processo Seletivo de aluno curso básico de Libras.

CULTURA SURDA: PRODUÇÃO DE IDENTIDADES E SUBJETIVIDADE - 19, 20 E 21/11/14 -


Profissionais da capital de MACEIÓ aprendem a se comunicar com surdos

Ascom - Semas
Em Alagoas, existem 180 mil surdos, de acordo com o censo do IBGE de 2010

Semanalmente, profissionais da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) participam de um curso básico de Língua Brasileira de Sinais (Libras) para atender com mais qualidade os usuários surdos que buscam diversos serviços oferecidos pelo órgão. A capacitação é organizada pela Coordenação de Gestão do Trabalho e Educação Permanente em Assistência Social (CGTEPAS) da secretaria.
O curso é ministrado pelo professor da Associação dos Amigos e Pais de Pessoas Especiais (APPE), Mário Lima, primeiro surdo com graduação em Letras/Libras do país. “Aos poucos os alunos ouvintes estão entendendo como o surdo se comunica, compreendendo o mundo do surdo através da Libras”, destacou Mário.
Em Alagoas, existem 180 mil surdos, de acordo com o censo do IBGE de 2010. Segundo a secretária de Assistência Social de Maceió, Celiany Rocha, esse curso visa aprimorar a comunicação dos trabalhadores, possibilitando o efetivo atendimento a esses usuários da política de assistência social que são surdos.
A capacitação acontece todas as sextas-feiras na Procuradoria Geral do Município (PGM), no Centro, e será concluída no mês de janeiro do ano que vem, com carga horária de 40 horas aulas. Todos os alunos receberão certificados do curso básico de Língua Brasileira de Sinais.

 http://aquiacontece.com.br/noticia/2014/11/18/profissionais-da-capital-aprendem-a-se-comunicar-com-surdos

Hospital Veterinário da UnB - Informativo em Libras

terça-feira, 18 de novembro de 2014

Grupo ICTS disponibiliza gratuitamente o Tradutor de LIBRAS e Sintetizador de VOZ, na forma de um aplicativo para Celulares. RYBENÁ




Como contribuição à sociedade brasileira, o Grupo ICTS disponibiliza gratuitamente o Tradutor de LIBRAS e Sintetizador de VOZ, na forma de um aplicativo para Celulares.
Inicialmente está sendo disponibilizada a versão para uso nos dispositivos da plataforma Android. Em breve estaremos disponibilizando também para a plataforma IOS.
O usuário poderá digitar, copiar e colar, ou mesmo escanear um texto e escolher a função que Traduz para LIBRAS, ou que lê em VOZ humana sintetizada.
As últimas trinta frases são armazenas no histórico, para poderem ser reutilizadas de uma maneira mais rápida.




 https://www.facebook.com/rybenalibras/photos/a.184637435006536.47559.184630358340577/527351797401763/?type=1&theater

FAZ QUANTO TEMPO QUE VOCÊ ESTUDA LIBRAS?


CURSO DE LIBRAS - FENEIS / CEARÁ

Bom dia a tod@s!
A Feneis Ceará gostaria de avisar que estamos com inscrições para o curso de Libras básico. São 2 módulos semestrais. Carga horária: 75h por módulo. Matrícula de R$ 50,00 + 5 parcelas de R$ 60,00.
Turmas: sexta feira a noite
Sábado manhã ou tarde
No ato da matrícula trazer 1 foto 3x4, xerox de rg, cpf e comprovante de residência.

Nosso endereço: Av. Rui Barbosa, 1970 - Aldeota
Fone: 32839126
Horário de seg. à sex. 08h às 12h
Email: feneis.ce@hotmail.com

Cursos de Capacitação para o Trabalho de Pessoas com Deficiência - PUC / MG


Descrição da imagem: foto do logo da Instituição que tem duas chaves cruzadas passando por bandeiras e abaixo em azul, escrito PUC Minas. 
Estão abertas, até 19 de dezembro, as inscrições para os cursos gratuitos de Capacitação para o Trabalho de Pessoas com Deficiência, que serão ofertados no primeiro semestre de 2015. Os interessados devem agendar entrevista, das 8h às 12h e das 13h às 17h, no Núcleo de Direitos Humanos e Inclusão (NDHI) da Pró-Reitoria de Extensão (PROEX) da PUC Minas (av. Dom José Gaspar, 500, prédio 30) ou pelos telefones (31) 3319-4082 e 3319-4927 (Belo Horizonte); (31) 3539- 6832 (Betim); (31) 3399-5883 (Contagem). O agendamento também pode ser feito pelo e-mail ndhi@pucminas.br.
O objetivo é capacitar pessoas com deficiência (física, auditiva, visual, intelectual e/ou múltipla) e reabilitados do INSS, prioritariamente de baixa renda, para a inclusão no mercado de trabalho. Podem se candidatar aos cursos pessoas portadoras de deficiências, que tenham idade igual ou superior a 16 anos.
Promovidos pelo NDHI, em parceria com o Instituto Ester Assumpção, os cursos de capacitação são ministrados em várias unidades da Universidade: Coração Eucarístico, Barreiro, Contagem, Betim, São Gabriel e Edifício Liberdade (Funcionários).
Confira abaixo os cursos oferecidos:
Informática Básica (Domínio de Teclado, Windows, Word/2010, Excel/2010 e Internet):
PUC Minas em Betim: Manhã e Tarde
PUC Minas em Contagem: Manhã e Tarde
PUC Minas no Barreiro: Manhã
PUC Minas no Coração Eucarístico: Manhã e Tarde
PUC Minas no São Gabriel: Tarde
Informática Básica, acessível para pessoas com deficiência visual (NVDA: domínio de teclado, Windows, Word/2010, Excel/2010 e Internet):
Edifício Liberdade (Funcionários): Manhã e Tarde
PUC Minas em Betim: Manhã e Tarde
Auxiliar Administrativo com Ênfase no Atendimento ao Público e Rotinas Informatizadas:
PUC Minas em Betim: Manhã e Tarde
PUC Minas no Barreiro: Manhã e Tarde
PUC Minas no Coração Eucarístico: Manhã e Tarde
Massagem Terapêutica:
IEC/Praça da Liberdade: Manhã
PUC Minas em Betim: Manhã
Inclusão Digital:
PUC Minas no São Gabriel: Tarde
Introdução à Cidadania e Direitos Humanos:
Edifício Liberdade (Funcionários): Tarde
Manutenção Microcomputador:
PUC Minas no Barreiro: Manhã e Tarde
Artesanato com Recicláveis e Produtos Naturais:
PUC Minas no Coração Eucarístico: Tarde
PUC Minas em Betim: Tarde

I Jornada de Experiências dos Tradutores/Intérpretes de Libras do Rio de Janeiro - 04/12/14

Sobre o Evento

A I Jornada de Experiências dos Tradutores/Intérpretes de Libras do Rio de Janeiro é um evento que foi idealizado pela equipe de tradutores/intérpretes de Libras da Divisão de Acessibilidade e Inclusão, Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis da Universidade Federal Fluminense com o intuito de fomentar discussões acerca da atuação dos profissionais da área no estado do Rio de Janeiro.
Tendo em vista que nossa profissão foi reconhecida e regulamentada há muito pouco tempo, há muito o que se pensar sobre ela e nada melhor do que os profissionais que vivem estas diferentes realidades na pele falarem a respeito, demonstrarem as dificuldades que passam no cotidiano, mostrar projetos bem-sucedidos, ideias que sirvam de modelo e, principalmente, trazer reflexões acerca de nossas necessidades. Por isso, este evento é feito por intérpretes para intérpretes.
Este primeiro evento, abordará questões como as que envolvem o TILSP que atua no Ensino Superior, assim como os TILSP que atuam em outras realidades, mais especificamente, na Educação Básica, no Teatro e na Mídia. Procuramos trazer para esta Jornada profissionais que tenham experiência na área que vão falar. Além das mesas redondas, teremos também uma oficina sobre “Ética e Tradução”, ministrada pela professora Drª Angela Maria da Silva Corrêa, da UFRJ. Você poderá saber mais sobre cada um acessando o menu PALESTRANTES.
Também abriremos espaços para os profissionais que desejem apresentar trabalhos, mostrando suas pesquisas ou projetos na área da tradução/interpretação de Libras/Português. As submissões serão aceitas até o dia 25 de novembro. Se você quiser saber mais informações, acesse o menu APRESENTAÇÃO DE TRABALHO.
Para saber quando vai acontecer o evento, onde será e como chegar, clique na guia INFORMAÇÕES.
As inscrições para a Jornada se encerram dia 27 de novembro. Você pode realizar a sua, clicando aqui. Mas atenção: as vagas são limitadas e a inscrição é gratuita!

 http://jetilsrj.wordpress.com/

Escola inclui ensino da língua de sinais e vira referência em São José


Unidade é a única a incluir libras nas aulas na rede municipal da cidade. Local atende 19 alunos com algum grau de surdez.

Do G1 Vale do Paraíba e Região
Uma escola encontrou uma alternativa para incluir os alunos com deficiência auditiva dentro de sala de aula: ensinar uma a língua de sinais junto com as matérias convencionais. A escola municipal Maria Aparecida Ronconi, no Jardim Jussara, é a única que faz esse tipo de trabalho na rede municipal de São José dos Campos.
A rotina em sala de aula é diferente, enquanto o professor passa o conteúdo das matérias, um pedagogo traduz o que está sendo dito em libras, a Língua Brasileira de Sinais. "A maioria das nossa professores convivem na comunidade surda, o que dá a elas uma fluência um pouco maior dentro da língua de sinais", disse a professora Patrícia Fonseca.

A escola é a única bilíngue na rede municipal da cidade e atende 19 alunos com algum grau de surdez.
O estudante Ricardo é um deles, ele está na 1ª série e a mãe já percebeu os resultados desse novo método. "Ele é outro, mudou tudo. Em menos de um mês na escola ele já aprendeu a fazer o nome dele em libras. Fiquei surpresa em casa quando ele chegou mostrando para a gente. Para mim a escola está sendo fundamental", afirmou Delma Alencar.
O metódo também está ajudando a comunicação em casa. Os pais dos alunos também aprendem a se comunicar em libras. Esse é o caso da mãe do Francisco. "Se ele quisesse ir em um lugar... Ele não sabia diferenciar data de mês, tudo do dia a dia era muito difícil, mas agora está tudo sob controle, disse Roseane Alves.
Na escola, os alunos também aprendem que não é preciso falar para mostrar o que sentem. Em um teatro, cada gesto e cada expressão dizem muito, e não apenas para eles. "Desde o início, a criança tendo contato com essa diversidade, cresce um adulto melhor, um adulto acolhedor. Um adulto que respeita as diferenças, acolhe as diferenças e assume o papel de crescer dentro da mesma sociedade", afirmou a professora.

 http://g1.globo.com/sp/vale-do-paraiba-regiao/noticia/2014/09/escola-inclui-lingua-de-sinais-na-grade-disciplinar-e-vira-referencia-em-s-jose.html

VI SEMINÁRIO NACIONAL DE EDUCAÇÃO ESPECIAL - V ENCONTRO DE PESQUISADORES EM EDUCAÇÃO ESPECIAL E INCLUSÃO ESCOLAR - 8 À 12/12/14 - UBERLÂNDIA / MG

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=1535991929978232&set=pcb.1535992129978212&type=1&theater

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=1535991959978229&set=pcb.1535992129978212&type=1&theater

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=1535991989978226&set=a.1404515746459185.1073741835.100007023183993&type=1&theater

Surdos relatam dificuldades para se preparar para o Enem

Para os ouvintes, opções de estudo incluem cursinhos, apostilas e livros que podem ser comprados para acompanhar às aulas gratuitas pela internet. O cenário não é o mesmo para os candidatos surdos.

Foto: Reprodução
Sem material específico, estudantes surdos têm dificuldade para se preparar para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). No dia da prova, a leitura será a maior dificuldade para aqueles que não têm uma boa formação em português - segunda língua da maioria, sendo que a primeira é a Língua Brasileira de Sinais (Libras). De acordo com eles, a tradução feita pelos intérpretes é reduzida e insuficiente para garantir a interpretação que o exame exige.
A estudante Andressa da Silva Fernandes, 18 anos, está no 3º ano do ensino médio na Escola Bilíngue Libras e Português Escrito de Taguatinga, no Distrito Federal. Esta será a segunda vez que fará o Enem.
"No ano passado, fiz o exame como experiência, e na hora de resolver a prova, não entrendia o contexto, tive muita dificuldade com o português, muitas dúvidas", diz a estudante, acrescentando que a tradução feita pelo intérprete nem sempre era suficiente para que compreendesse o contexto e as nuances dos exercícios.
Andressa quer cursar arquitetura na Universidade de Brasília (UnB). "Não sei como me preparar para o Enem. Tem a preparação aqui na escola, mas não tem material, livro. Os vídeos na internet são orais ou legendados e tenho dificuldade no português. Como vou me preparar? Sou surda", disse.
Katelyn de Sousa Marquez, 18 anos, colega de Andressa enfrenta o mesmo problema. Ela comprou um livro para o Enem, mas acha difícil entender. Katelyn disse que estuda diariamente para o exame, mas pela dificuldade com o idioma, aprende pouco estudando sozinha.

"O Enem tem muitos textos longos, de difícil compreensão. É muito complicado para mim. E o intérprete não faz a tradução integral das provas, só tira as dúvidas", disse a estudante.
Para os ouvintes as opções de estudo são muitas e vão desde cursinhos, apostilas e livros que podem ser comprados para acompanhar às aulas gratuitas pela internet. O cenário não é o mesmo para os candidatos surdos. As opções são mais escassas.
Ao ser indagado se teve dificultades para encontrar material em Libras, Silon Clay Júnior, 20 anos foi categórico: "Não, tudo em português. Eu sinto que o português não fica claro para mim. Ele precisava ser acessível ao surdo. Sinais como ponto, vírgula, vocabulário que desconheço, entendo pouco do que está ali. Preciso ler mais de uma vez, para ver se percebo o contexto daquele texto", explicou.
Para o aluno que solicita  atendimento especializado, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) disponibiliza serviço de intérprete de Libras e leitura labial. Os aplicadores especializados participam de um alinhamento específico para o exame, com a duração de 32 horas. Esses profissionais atuam em dupla em salas, com até seis participantes.

"Libras tem uma estrutura específica, diferente do português. Pelo processo educacional comprometido, que nunca foi acessível, eles têm o português como segunda língua e mal dado", explica a professora doutora em linguística pela UnB e itinerante da área de surdez da Escola Bilíngue Libras e Português Escrito de Taguatinga, Sandra Patrícia do Nascimento. De acordo com ela, somente com a Lei de Libras nº 10.436/2002, regulamentada em 2005, que o português passou a ser ensinado adequadamente a esses estudantes.
Para a geração que não teve essa formação, segundo a professora, a tradução oferecida no exame não garante isonomia aos candidatos. A coordenadora pedagógica do ensino médio da escola, Gisele Morisson Feltrini complementa que o ideal para o surdo seria  efetuar prova por meio de vídeo em Libras, feita em computadores e com a presença de intérpretes para auxiliar em caso de dúvidas.
"Comparando, nós, ouvintes, a gente vai, volta na questão, responde a primeira, depois pula, vai para a décima. Quando você senta no computador, é possível selecionar as questões, voltar em caso de dúvida", disse.
O Inep informou que a questão está em fase inicial de discussão.
 Para se preparar para o exame, os candidatos podem acessar o aplicativo questoesenem.ebc.com.br. O banco de questões da Empresa Brasil de Comunicação (EBC) reúne itens de 2009 a 2013. O acesso é gratuito.

 http://noticias.terra.com.br/brasil/surdos-relatam-dificuldades-para-se-preparar-para-o-enem,6298f07f82179410VgnCLD200000b1bf46d0RCRD.html

7 ERROS



https://www.facebook.com/institutovisolibras/photos/a.636837589723228.1073741827.636832769723710/751795674894085/?type=1&theater

IV Colóquio sobre trabalho pedagógico na Educação Especial: Aluno com deficiência no ensino superior. - UFSCar CAMPUS SOROCABA - 03/12/14

 IV Colóquio sobre trabalho pedagógico na Educação Especial: Aluno com deficiência no ensino superior.

DATA: 03 de Dezembro de 2014

LOCAL: UFSCar - Campus Sorocaba


https://www.facebook.com/inclusaobrasil/photos/a.352110171483171.99510.352082238152631/945262058834643/?type=1&theater


A Universidade de São Carlos (UFSCar) – Campus Sorocaba – realiza uma conversação sobre Educação Especial.
O 4º Colóquio sobre Trabalho Pedagógico na Educação Especial: Aluno com Deficiência no Ensino Superior acontece no dia 3 de dezembro, com inscrições no local, e é organizado pela Comissão Pró Acessibilidade da Universidade.
A programação começa às 8h com credenciamento; 9h abertura; das 9h às 12h o tema coordenado pela professora Heulália Charalo Ranfante, será Núcleos de Acessibilidade em outras instituições de ensino superior; das 14h às 17h, o tema Pesquisas sobre Acessibilidade no Campus será coordenado pela professora Kátia Regina Moreno Caiado e das 19h às 22h, coordenado pela professora Teresa Cristina Leança Soares Alves, o tema será Relatos de Alunos com deficiência que vivenciam/vivenciaram o ensino superior.
Todas as coordenadoras do colóquio são professoras do campus Sorocaba da UFSCar e possuem doutorado na área. O encontro tem o patrocínio do Departamento de Ciências Humanas e Educação - DCHE e Pró-Reitoria de Assuntos Comunitários e Estudantis da UFSCar; e também apoio da Pró-Reitoria de Extensão PROEX e UFSCar. O Colóquio será no auditório do Prédio AT da Universidade, que fica na rodovia João Leme dos Santos, km 110 - SP 264, bairro Itinga, em Sorocaba. O campus é servido pela linha 80 - UFSCar, com partida do Terminal São Paulo e tem em suas instalações o Restaurante Universitário (R$ 4,50 para visitantes) e a Cantina.

 http://www.mundodainclusao.com.br/noticia-246_coloquio-sobre-educacao-especial

CONSEGUE LER?


SOLENIDADE DE POSSE ASMG (ASSOCIAÇÃO DOS SURDOS DE MINAS GERAIS) - 21/11/14 - BH / MG




VENHAM COMEMORAR!!

Após a cerimônia de Posse, teremos um delicioso coquetel.
Favor confirmar sua presença até o dia 20/11, através dos telefones: 3411-1032/7816-2488 ou pelo email: contato@asmg.org.br

OFICINA DE TRADUÇÃO "NOÇÕES BÁSICAS DE TRADUÇÃO JURÍDICA"




EVENTO: Oficina de tradução no âmbito jurídico: “Noções Básicas de Tradução Jurídica”

Dia 20 de Novembro – 18:30 as 22:00
Dia 27 de Novembro- 19:30 as 22:00

Local: UnB. Auditório do IL (ICC sul, subsolo, sala BSS 099).


 https://www.facebook.com/apildf/photos/a.1374457212809596.1073741828.1374455582809759/1427330504188933/?type=1&theater

I SIMPÓSIO DIÁLOGOS SOBRE EDUCAÇÃO ESPECIAL / INCLUSIVA - 26/11/14 - JANAÚBA / MG


https://www.facebook.com/photo.php?fbid=819548324761894&set=a.139186946131372.30029.100001202022591&type=1&theater

O PRIMEIRO DIA DE AULA ( Emocionante)

O PRIMEIRO DIA DE AULA ( Emocionante)
Você irá se emocionar com a história do jovem Patrick de Uganda (África).


 

https://www.facebook.com/video.php?v=729982793737595&pnref=story

Estrutura Gramatical da LIBRAS por Ronice Quadros

O QUE TE INFLUENCIOU A APRENDER LIBRAS?


POR FAVOR. AMAI AO PRÓXIMO, SE NÃO CONSEGUIR, AO MENOS RESPEITE-O.


https://www.facebook.com/191593770920180/photos/a.597317137014506.1073741827.191593770920180/744750002271218/?type=1&theater

"FAÇO DE MINHAS MÃOS BOCA, PARA QUE SEUS OLHOS POSSAM ME OUVIR".


Entendeu?


SINAIS SOBRE INDAGAÇÕES


Consegue ler essa citação do santo e filósofo Agostinho?


Quais são os ditados populares?

Quais são os ditados populares? 
Bora exercitar a cabeça queridos!!!!

sexta-feira, 14 de novembro de 2014

II COLÓQUIO DE SURDOS DO ABC - SANTO ANDRÉ / SP - 29/11/14




Não deixem de fazer suas inscrições no link abaixo:
https://docs.google.com/forms/d/1fg4Xfzw3TMiLRUVFkuIUxeAdc4UMgSmsZ7SuMLa0eh0/viewform

OFICINA ANIMALIBRAS PARA SURDOS




Mais acessibilidade no Brasil Stop Motion! Abertas as inscrições para a oficina AnimaLibras - stop motion para surdos. Na Unicap, 27 e 28 de novembro, das 9h às 12h. Não perca e se inscreva no site

CIL - CENTRAL DE INTERPRETAÇÃO DE LIBRAS - QUEIMADOS / RJ


ORE E SUA BÊNÇÃO CHEGARÁ...




https://www.facebook.com/482083561901387/photos/a.482085475234529.1073741828.482083561901387/617810951661980/?type=1&theater

PALESTRA: A IMPORTÂNCIA DA LIBRAS NA EDUCAÇÃO DOS SURDOS - SÃO PAULO / SP - 15/11/14




 https://www.facebook.com/photo.php?fbid=808485552547712&set=o.219857341367934&type=1&theater

Um surdo compartilhou essa imagem. Triste realidade.

 

Poucos são os surdos que tem pessoas na família que sabem Libras.

https://www.facebook.com/191593770920180/photos/a.597317137014506.1073741827.191593770920180/743775319035353/?type=1&theater