RYBENINHA

RYBENINHA
SINAL: BEM -VINDOS

DÊ-ME TUA MÃO QUE TE DIREI QUEM ÉS



“Em minha silenciosa escuridão,
Mais claro que o ofuscante sol,
Está tudo que desejarias ocultar de mim.
Mais que palavras,
Tuas mãos me contam tudo que recusavas dizer.
Frementes de ansiedade ou trêmulas de fúria,
Verdadeira amizade ou mentira,
Tudo se revela ao toque de uma mão:
Quem é estranho,
Quem é amigo...
Tudo vejo em minha silenciosa escuridão.
Dê-me tua mão que te direi quem és."


Natacha (vide documentário Borboletas de Zagorski)


SINAL DE "Libras"

SINAL DE "Libras"
"VOCÊ PRECISA SER PARTICIPANTE DESTE MUNDO ONDE MÃOS FALAM E OLHOS ESCUTAM, ONDE O CORPO DÁ A NOTA E O RÍTMO. É UM MUNDO ESPECIAL PARA PESSOAS ESPECIAIS..."

LIBRAS

LIBRAS
" A Língua de Sinais é, nas mãos de seus mestres, uma linguagem das mais belas e expressivas, para a qual, no contato entre si é como um meio de alcançar de forma fácil e rápida a mente do surdo, nem a natureza nem a arte proporcionaram um substituto satisfatório." J. Schuyler Long

LIBRAS

LIBRAS
"Se o lugar não está pronto para receber todas as pessoas, então o lugar é deficiente" - Thaís Frota

LIBRAS

LIBRAS
Aprender Libras é respirar a vida por outros ângulos, na voz do silêncio, no turbilhão das águas, no brilho do olhar. Aprender Libras é aprender a falar de longe ou tão de perto que apenas o toque resolve todas as aflições do viver, diante de todos os desafios audíveis. Nem tão poético, nem tão fulgaz.... apenas um Ser livre de preconceitos e voluntário da harmonia do bem viver.” Luiz Albérico B. Falcão

PEDAGOGIA SURDA

PEDAGOGIA SURDA
PROFESSOR BILÍNGUE

QUANDO EU ACEITO A LÍNGUA DE SINAIS

QUANDO EU ACEITO A LÍNGUA DE SINAIS
“ A língua de sinais anula a deficiência e permite que os surdos constituam, então, uma comunidade lingüística minoritária diferente e não um desvio da normalidade”. Skliar

quinta-feira, 9 de abril de 2015

Empresa ALL é condenada por discriminar portadores de deficiência em Curitiba

d55r2sjfzm2eiw3tycne466u7 

A empresa de logística América Latina Logística Malha Sul S/A (ALL), em Curitiba, foi condenada pela Justiça do Trabalho a pagar R$ 200 mil de indenização por danos morais coletivos por discriminar candidatos a emprego conforme o tipo de deficiência, além de falhas relacionadas à acessibilidade nas instalações da empresa.
A condenação resultou de uma Ação Civil Pública movida pelo Ministério Público do Trabalho a partir de uma denúncia de um funcionário da ALL que é deficiente físico com problemas de mobilidade.
Foi constatado pelo Ministério Público que a empresa fazia uma pré-seleção dos currículos dos candidatos deficientes, eliminando antecipadamente os cadeirantes ou deficientes auditivos e visuais totais. Para os procuradores, a prática tentava minimizar os problemas de acessibilidade já existentes na empresa.
Uma perícia técnica comprovou a existência de uma série de locais na empresa com falhas de acessibilidade, incluindo o refeitório, os banheiros, a recepção, os elevadores e o estacionamento.
A a 2ª Turma do Tribunal Regional do Trabalho do Paraná decidiu que o comportamento discriminatório não poderá se repetir, sob pena de multa de R$ 1 mil para cada descumprimento, em favor de uma entidade que tenha como causa os interesses dos trabalhadores com deficiência.
A ALL deverá pagar também uma indenização de R$ 200 mil a título de danos morais coletivos a uma entidade que atue na defesa de interesse dos trabalhadores com deficiência, a ser definida pelo Ministério Público.
A empresa ainda pode recorrer e já afirmou que o fará. Em nota, a ALL também disse que “repudia qualquer tipo de discriminação e esclarece que já realizou as obras de acessibilidade necessárias nas instalações da empresa”.

Fonte: http://economia.ig.com.br/2015-04-08/all-eliminava-curriculo-de-candidato-cadeirante-deficiente-auditivo-e-visual.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMENTE AQUI NO BLOG!!!
SEU COMENTÁRIO FAZ TODA DIFERENÇA!!!

Um comentário é o que você pensa, sua opinião, alguma coisa que você quer falar comigo.

BJOS SINALIZADOS.