RYBENINHA

RYBENINHA
SINAL: BEM -VINDOS

DÊ-ME TUA MÃO QUE TE DIREI QUEM ÉS



“Em minha silenciosa escuridão,
Mais claro que o ofuscante sol,
Está tudo que desejarias ocultar de mim.
Mais que palavras,
Tuas mãos me contam tudo que recusavas dizer.
Frementes de ansiedade ou trêmulas de fúria,
Verdadeira amizade ou mentira,
Tudo se revela ao toque de uma mão:
Quem é estranho,
Quem é amigo...
Tudo vejo em minha silenciosa escuridão.
Dê-me tua mão que te direi quem és."


Natacha (vide documentário Borboletas de Zagorski)


SINAL DE "Libras"

SINAL DE "Libras"
"VOCÊ PRECISA SER PARTICIPANTE DESTE MUNDO ONDE MÃOS FALAM E OLHOS ESCUTAM, ONDE O CORPO DÁ A NOTA E O RÍTMO. É UM MUNDO ESPECIAL PARA PESSOAS ESPECIAIS..."

LIBRAS

LIBRAS
" A Língua de Sinais é, nas mãos de seus mestres, uma linguagem das mais belas e expressivas, para a qual, no contato entre si é como um meio de alcançar de forma fácil e rápida a mente do surdo, nem a natureza nem a arte proporcionaram um substituto satisfatório." J. Schuyler Long

LIBRAS

LIBRAS
"Se o lugar não está pronto para receber todas as pessoas, então o lugar é deficiente" - Thaís Frota

LIBRAS

LIBRAS
Aprender Libras é respirar a vida por outros ângulos, na voz do silêncio, no turbilhão das águas, no brilho do olhar. Aprender Libras é aprender a falar de longe ou tão de perto que apenas o toque resolve todas as aflições do viver, diante de todos os desafios audíveis. Nem tão poético, nem tão fulgaz.... apenas um Ser livre de preconceitos e voluntário da harmonia do bem viver.” Luiz Albérico B. Falcão

PEDAGOGIA SURDA

PEDAGOGIA SURDA
PROFESSOR BILÍNGUE

QUANDO EU ACEITO A LÍNGUA DE SINAIS

QUANDO EU ACEITO A LÍNGUA DE SINAIS
“ A língua de sinais anula a deficiência e permite que os surdos constituam, então, uma comunidade lingüística minoritária diferente e não um desvio da normalidade”. Skliar

domingo, 8 de novembro de 2015

Ensino de Libras em escolas municipais pode ganhar substitutivo geral - PR

A inclusão do ensino de Libras na formação e capacitação dos professores não configura vício de iniciativa. O que extrapola os limites de competência é impor que a carga individual mínima seja de 20 horas por ano.

Em reunião extraordinária, nesta quarta-feira (28/10), a Comissão de Educação, Cultura e Turismo acatou o parecer do vereador Chico do Uberaba (PMN), que apresentou voto em separado para que seja elaborado um substitutivo geral ao projeto de Pier Petruzziello (PTB), que trata do ensino da Língua Brasileira de Sinais (Libras) nas estratégias de formação e capacitação dos diretores, professores e educadores da rede municipal de ensino (005.00150.2015).
Com este parecer, o projeto retorna à Comissão de Legislação, Justiça e Redação para que o colegiado elabore um substitutivo com as adequações sugeridas por Chico do Uberaba. Segundo o vereador, embora seja favorável ao mérito da matéria, o projeto apresenta problemas, como vício de iniciativa e criação de despesas, que são prerrogativas do Executivo.
“A inclusão do ensino de Libras na formação e capacitação dos professores não configura vício de iniciativa. O que extrapola os limites de competência é impor que a carga individual mínima seja de 20 horas por ano”, explica o parecer, que sugere a supressão dos artigos 2º e 3º da proposta de Pier Petruzziello. O projeto depende agora da apreciação de Legislação para seguir o trâmite regimental.
Outros projetos
Foi acatada a proposta de Valdemir Soares (PRB) que institui no calendário oficial da cidade o “Dia Municipal do Obreiro Universal” (005.00162.2015). Também segue tramitação o projeto de Cristiano Santos (PV), que concede o título de cidadania honorária a José Tadeu Carneiro Cardoso (006.00013.2015).
Aprovadas as denominações de logradouros públicos como Mafalda Piratello Kosiak Wallbach, por proposição de Sabino Picolo (009.00020.2015); Ursulina Alves Ferreira (009.00018.2015) e Gilberto Rodrigues Machado – Gilberto do Povo (008.00007.2015), ambas por Aldemir Manfron (PP).
Premiações
Os vereadores acataram ainda 14 indicações para o Prêmio Papa João Paulo II; 14 para o Prêmio Consagração Pública Municipal; 14 para o Prêmio Cidade de Curitiba; 16 do Prêmio Mérito Esportivo; 17 do Prêmio Cultura e Divulgação de Curitiba; e 3 para o Prêmio Mulheres Empreendedoras de Curitiba.
A Comissão é formada pelos vereadores Professor Galdino (PSDB), na presidência, Chico do Uberaba (PMN), Geovane Fernandes (PTB), Mauro Ignacio (PSB) e Tiago Gevert (PSC). A tramitação de todos os projetos pode ser conferida pelo Sistema de Proposições Legislativas (SPL).
Fonte: Câmara Municipal de Curitiba

http://www.surdosol.com.br/ensino-de-libras-em-escolas-municipais-pode-ganhar-substitutivo-geral/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMENTE AQUI NO BLOG!!!
SEU COMENTÁRIO FAZ TODA DIFERENÇA!!!

Um comentário é o que você pensa, sua opinião, alguma coisa que você quer falar comigo.

BJOS SINALIZADOS.