RYBENINHA

RYBENINHA
SINAL: BEM -VINDOS

DÊ-ME TUA MÃO QUE TE DIREI QUEM ÉS



“Em minha silenciosa escuridão,
Mais claro que o ofuscante sol,
Está tudo que desejarias ocultar de mim.
Mais que palavras,
Tuas mãos me contam tudo que recusavas dizer.
Frementes de ansiedade ou trêmulas de fúria,
Verdadeira amizade ou mentira,
Tudo se revela ao toque de uma mão:
Quem é estranho,
Quem é amigo...
Tudo vejo em minha silenciosa escuridão.
Dê-me tua mão que te direi quem és."


Natacha (vide documentário Borboletas de Zagorski)


SINAL DE "Libras"

SINAL DE "Libras"
"VOCÊ PRECISA SER PARTICIPANTE DESTE MUNDO ONDE MÃOS FALAM E OLHOS ESCUTAM, ONDE O CORPO DÁ A NOTA E O RÍTMO. É UM MUNDO ESPECIAL PARA PESSOAS ESPECIAIS..."

LIBRAS

LIBRAS
" A Língua de Sinais é, nas mãos de seus mestres, uma linguagem das mais belas e expressivas, para a qual, no contato entre si é como um meio de alcançar de forma fácil e rápida a mente do surdo, nem a natureza nem a arte proporcionaram um substituto satisfatório." J. Schuyler Long

LIBRAS

LIBRAS
"Se o lugar não está pronto para receber todas as pessoas, então o lugar é deficiente" - Thaís Frota

LIBRAS

LIBRAS
Aprender Libras é respirar a vida por outros ângulos, na voz do silêncio, no turbilhão das águas, no brilho do olhar. Aprender Libras é aprender a falar de longe ou tão de perto que apenas o toque resolve todas as aflições do viver, diante de todos os desafios audíveis. Nem tão poético, nem tão fulgaz.... apenas um Ser livre de preconceitos e voluntário da harmonia do bem viver.” Luiz Albérico B. Falcão

PEDAGOGIA SURDA

PEDAGOGIA SURDA
PROFESSOR BILÍNGUE

QUANDO EU ACEITO A LÍNGUA DE SINAIS

QUANDO EU ACEITO A LÍNGUA DE SINAIS
“ A língua de sinais anula a deficiência e permite que os surdos constituam, então, uma comunidade lingüística minoritária diferente e não um desvio da normalidade”. Skliar

domingo, 8 de junho de 2014

INCLUSÃO: PERCEPÇÃO E DISCRIMINAÇÃO AUDITIVA

INCLUSÃO: PERCEPÇÃO E DISCRIMINAÇÃO AUDITIVA


SETE-CRIANÇAS-SENTADAS-NO-CHÃO-EM-UMA-RODINHA-BRINCANDO-COM-INSTRUMNETOS-MUSICAIS.jpg May 10, 2014 275 × 183

PERCEPÇÃO E DISCRIMINAÇÃO AUDITIVA
A percepção auditiva envolve a recepção e a interpretação de estímulos sonoros através da audição. Para isto o aluno tem que ter a habilidade para detectar o som, discriminar, localizar, reconhecer, compreender e manter a atenção no estímulo para levá-lo a memória.
A discriminação auditiva é a capacidade de perceber as diferenças entre os sons da fala e sequenciá-los em palavras escritas.
Para ter a capacidade de perceber e discriminar sons o aluno tem que ser capaz de :
- identificar e discriminar os sons do entorno natural e social.
- distinguir lugares silenciosos e com barulho;
- identificar sequencias de acontecimentos escutando sons;
- identificar os diferentes sons de objetos, meios de transporte, animais, etc.;
- selecionar e classificar imagens que tenham os sons selecionados.
- discriminar e imitar sons a partir de uma visão global e parcial;
- explorar as possibilidades sonoras de diferentes materiais;
- identificar as qualidades do som 9alo, baixo, fraco, forte);
- associar sons de objetos a situações da vida cotidiana;
- associar sons aos fonemas correspondentes;
- relacionar objetos por sons diferentes e semelhantes;
- discriminar e reconhecer diferentes fontes sonoras.
Para ajudar o seu aluno o professor precisa sensibilizá-lo para vivenciar os sons de seu entorno natural e cultural, incentivá-lo a descobrir diferentes formas de comunicação, expressão e representação através da discriminação sonora, propor atividades que exijam a decodificação de sons em uma ordem crescente de complexidade e incentivá-lo a explorar e reconhecer instrumentos sonoros e musicais.
Sendo assim, podemos realizar atividades como:
- reproduzir sons do dia a dia pedindo que os alunos identifiquem que som é estes;
- usar palmas para trabalhar o ritmo. Conforme as palmas batidas, pelo professor, os alunos reproduzem os sons de diferentes formas;
- usar músicas infantis que usem a reprodução vocal e de gestos como palminhas, palminhas, o trem maluco, dona aranha, seu lobato tinha um sítio, brilha brilha estrelinha, pombinha branca, bambalalão, entre outras, pois estas permitem usar gestos e rimas nas terminações das frases;
- brincar com rimas;
- quando introduzir as letras, salientar a letra inicial. Com o tempo salientar a letra inicial e final;
- usar exercícios de associar gravuras e objetos que iniciam e terminam com um mesmo som.

 http://atividadesparaeducacaoespecial.com/publicacoes-relacioadas-a-educacao-especial/inclusao-percepcao-e-discriminacao-auditiva/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMENTE AQUI NO BLOG!!!
SEU COMENTÁRIO FAZ TODA DIFERENÇA!!!

Um comentário é o que você pensa, sua opinião, alguma coisa que você quer falar comigo.

BJOS SINALIZADOS.