RYBENINHA

RYBENINHA
SINAL: BEM -VINDOS

DÊ-ME TUA MÃO QUE TE DIREI QUEM ÉS



“Em minha silenciosa escuridão,
Mais claro que o ofuscante sol,
Está tudo que desejarias ocultar de mim.
Mais que palavras,
Tuas mãos me contam tudo que recusavas dizer.
Frementes de ansiedade ou trêmulas de fúria,
Verdadeira amizade ou mentira,
Tudo se revela ao toque de uma mão:
Quem é estranho,
Quem é amigo...
Tudo vejo em minha silenciosa escuridão.
Dê-me tua mão que te direi quem és."


Natacha (vide documentário Borboletas de Zagorski)


SINAL DE "Libras"

SINAL DE "Libras"
"VOCÊ PRECISA SER PARTICIPANTE DESTE MUNDO ONDE MÃOS FALAM E OLHOS ESCUTAM, ONDE O CORPO DÁ A NOTA E O RÍTMO. É UM MUNDO ESPECIAL PARA PESSOAS ESPECIAIS..."

LIBRAS

LIBRAS
" A Língua de Sinais é, nas mãos de seus mestres, uma linguagem das mais belas e expressivas, para a qual, no contato entre si é como um meio de alcançar de forma fácil e rápida a mente do surdo, nem a natureza nem a arte proporcionaram um substituto satisfatório." J. Schuyler Long

LIBRAS

LIBRAS
"Se o lugar não está pronto para receber todas as pessoas, então o lugar é deficiente" - Thaís Frota

LIBRAS

LIBRAS
Aprender Libras é respirar a vida por outros ângulos, na voz do silêncio, no turbilhão das águas, no brilho do olhar. Aprender Libras é aprender a falar de longe ou tão de perto que apenas o toque resolve todas as aflições do viver, diante de todos os desafios audíveis. Nem tão poético, nem tão fulgaz.... apenas um Ser livre de preconceitos e voluntário da harmonia do bem viver.” Luiz Albérico B. Falcão

PEDAGOGIA SURDA

PEDAGOGIA SURDA
PROFESSOR BILÍNGUE

QUANDO EU ACEITO A LÍNGUA DE SINAIS

QUANDO EU ACEITO A LÍNGUA DE SINAIS
“ A língua de sinais anula a deficiência e permite que os surdos constituam, então, uma comunidade lingüística minoritária diferente e não um desvio da normalidade”. Skliar

quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

Prefeitura de Fortaleza cria primeira escola municipal bilíngue para surdos

O secretário municipal da Educação, Ivo Gomes, e a equipe de Educação Especial da SME receberam representantes da comunidade surda nesta terça-feira (07/01) para discutir os detalhes da implantação da primeira escola municipal bilíngue para surdos na Capital. A unidade, que é uma iniciativa pioneira em Fortaleza, funcionará em tempo integral a partir de março deste ano.
Durante o encontro desta terça-feira, foram apresentados prédios para o funcionamento da unidade educacional (a ser definido em breve) e um grupo de trabalho com técnicos da SME e representantes da comunidade surda foi criado para implantação da escola. A Escola Municipal de Educação Bilíngue Francisco Suderlan Bastos Mota ofertará ensino em tempo integral para aproximadamente 200 alunos nas etapas da Educação Infantil e do Ensino Fundamental. A instituição irá basear-se numa proposta em que a Língua Brasileira de Sinais (Libras) se constitui como primeira língua e a Língua Portuguesa, em sua modalidade escrita, como segunda.
De acordo com Sueli Farias, gerente da Célula da Educação Especial da SME, essa é uma iniciativa crucial e inovadora em Fortaleza, que ainda não contava com escola municipal bilíngue. “Para essa parcela da população, isso representa uma equiparação de direitos e oportunidades. Parte desses alunos está matriculada nas escolas regulares da rede, mas na escola bilíngue eles vão ter acesso a todo conteúdo em libras e isso vai possibilitar um melhor desempenho na aprendizagem. Outro grande benefício é o fato de a instituição ofertar ensino em tempo integral”, explicou a gerente da Célula da Educação Especial da SME.
Já para Emiliano Aquino, que é pai de uma criança surda e integrará o grupo de trabalho para implantação da escola bilíngue, a instituição mudará a vida de muitos alunos. “Uma escola como essa muda tudo na vida desses estudantes porque eles vão aprender a ler, escrever e contar na idade certa e vão aprender a língua de sinais na mesma faixa etária em que as crianças ouvintes aprendem Português”, afirmou ele.
A primeira candidata deficiente auditiva a concorrer ao título de Miss Brasil, no ano de 2008, Vanessa Vidal, esteve presente na reunião e também integrará o grupo de trabalho. Para ela, a Prefeitura dá um grande passo com essa ação. “A minha expectativa depois dessa reunião é muito positiva. Estou muito feliz e acredito que essa iniciativa será fundamental para vida dessas crianças, principalmente das famílias mais carentes”, concluiu Vanessa Vidal.
  http://www.sme.fortaleza.ce.gov.br/educacao/index.php/noticias-sme/noticias-destaque/994-prefeitura-de-fortaleza-cria-primeira-escola-municipal-bilingue-para-surdos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMENTE AQUI NO BLOG!!!
SEU COMENTÁRIO FAZ TODA DIFERENÇA!!!

Um comentário é o que você pensa, sua opinião, alguma coisa que você quer falar comigo.

BJOS SINALIZADOS.