RYBENINHA

RYBENINHA
SINAL: BEM -VINDOS

DÊ-ME TUA MÃO QUE TE DIREI QUEM ÉS



“Em minha silenciosa escuridão,
Mais claro que o ofuscante sol,
Está tudo que desejarias ocultar de mim.
Mais que palavras,
Tuas mãos me contam tudo que recusavas dizer.
Frementes de ansiedade ou trêmulas de fúria,
Verdadeira amizade ou mentira,
Tudo se revela ao toque de uma mão:
Quem é estranho,
Quem é amigo...
Tudo vejo em minha silenciosa escuridão.
Dê-me tua mão que te direi quem és."


Natacha (vide documentário Borboletas de Zagorski)


SINAL DE "Libras"

SINAL DE "Libras"
"VOCÊ PRECISA SER PARTICIPANTE DESTE MUNDO ONDE MÃOS FALAM E OLHOS ESCUTAM, ONDE O CORPO DÁ A NOTA E O RÍTMO. É UM MUNDO ESPECIAL PARA PESSOAS ESPECIAIS..."

LIBRAS

LIBRAS
" A Língua de Sinais é, nas mãos de seus mestres, uma linguagem das mais belas e expressivas, para a qual, no contato entre si é como um meio de alcançar de forma fácil e rápida a mente do surdo, nem a natureza nem a arte proporcionaram um substituto satisfatório." J. Schuyler Long

LIBRAS

LIBRAS
"Se o lugar não está pronto para receber todas as pessoas, então o lugar é deficiente" - Thaís Frota

LIBRAS

LIBRAS
Aprender Libras é respirar a vida por outros ângulos, na voz do silêncio, no turbilhão das águas, no brilho do olhar. Aprender Libras é aprender a falar de longe ou tão de perto que apenas o toque resolve todas as aflições do viver, diante de todos os desafios audíveis. Nem tão poético, nem tão fulgaz.... apenas um Ser livre de preconceitos e voluntário da harmonia do bem viver.” Luiz Albérico B. Falcão

PEDAGOGIA SURDA

PEDAGOGIA SURDA
PROFESSOR BILÍNGUE

QUANDO EU ACEITO A LÍNGUA DE SINAIS

QUANDO EU ACEITO A LÍNGUA DE SINAIS
“ A língua de sinais anula a deficiência e permite que os surdos constituam, então, uma comunidade lingüística minoritária diferente e não um desvio da normalidade”. Skliar

segunda-feira, 19 de junho de 2017

GV terá Associação dos Profissionais Intérpretes da Língua de Sinais

por Assessoria de Comunicação - Secom
12/06/2017 10:15
No dia 17 de junho (sábado), Governador Valadares ganhará uma nova associação pela causa da comunidade surda. A Associação dos Profissionais Intérpretes da Língua de Sinais e Familiares de Surdos (Apilfas) terá sua fundação oficializada em uma cerimônia que acontecerá às 10h, no auditório da Faculdade de Direito Vale do Rio Doce (Fadivale), à rua Dom Pedro II, 244, Centro.
A Apilfas é resultado de um projeto pensado e elaborado desde 2014 por Leide Ramalho, militante da causa da comunidade surda e organizadora da Oficina Essencial para trabalho com surdos que também acontecerá na cidade na próxima semana, e que será ministrada por Marco Arriens, intérprete internacional.
Segundo ela, a Associação é importante para fortalecer a comunidade surda no respeito aos seus direitos, bem como para valorizar o profissional intérprete e fiscalizar o cumprimento de legislações, inclusive municipal, que asseguram a presença de intérpretes de Libras em todos os eventos de cunho público no município.

OFICINA
A criação da Apilfas no sábado, 17, fechará uma semana de trabalhos na cidade. De 12 a 16 de junho, a Oficina Essencial para trabalho com surdos acontecerá no período das 13h30 às 17h e das 19h às 22h, na Fadivale. Inscrições ainda podem ser feitas pelo e-mail libras.goval@gmail.com ou pelo telefone (33) 98808-4670. O investimento para a participação da oficina é de R$200,00 para pagamento a vista e de R$250,00 para pagamento parcelado.

O CURSO
O curso terá conteúdos teóricos e práticos e o certificado de participação é reconhecido pelo MEC. Marcos Arriens é interprete internacional e um expoente no ensino da linguagem de libras no país. Já formou mais de 15,5 mil alunos intérpretes no Brasil e exterior. Ele avalia que no Brasil, são quase 10 milhões de surdos, e que não existem estatísticas exatas que ofereçam números de surdos e profissionais que conheçam realmente a cultura das comunidades surdas de forma a auxiliar os surdos a saírem da posição de analfabeto funcionais.
O curso é aberto para pessoas que já atuam como intérpretes, profissionais que lidam com a comunidade surda e também para aquelas pessoas que querem se iniciar na língua de sinais, como professores de ensino especial e regular, pedagogos, fonoaudiólogos, técnicos, familiares de surdos e comunidade em geral. Leide Ramalho, que tem o apoio da Prefeitura para o evento, destaca que um fato importante é que os participantes “não precisam saber Libras, no caso dos iniciantes”.

http://www.valadares.mg.gov.br/detalhe-da-materia/info/gv-tera-associacao-dos-profissionais-interpretes-da-lingua-de-sinais/73687

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMENTE AQUI NO BLOG!!!
SEU COMENTÁRIO FAZ TODA DIFERENÇA!!!

Um comentário é o que você pensa, sua opinião, alguma coisa que você quer falar comigo.

BJOS SINALIZADOS.