RYBENINHA

RYBENINHA
SINAL: BEM -VINDOS

DÊ-ME TUA MÃO QUE TE DIREI QUEM ÉS



“Em minha silenciosa escuridão,
Mais claro que o ofuscante sol,
Está tudo que desejarias ocultar de mim.
Mais que palavras,
Tuas mãos me contam tudo que recusavas dizer.
Frementes de ansiedade ou trêmulas de fúria,
Verdadeira amizade ou mentira,
Tudo se revela ao toque de uma mão:
Quem é estranho,
Quem é amigo...
Tudo vejo em minha silenciosa escuridão.
Dê-me tua mão que te direi quem és."


Natacha (vide documentário Borboletas de Zagorski)


SINAL DE "Libras"

SINAL DE "Libras"
"VOCÊ PRECISA SER PARTICIPANTE DESTE MUNDO ONDE MÃOS FALAM E OLHOS ESCUTAM, ONDE O CORPO DÁ A NOTA E O RÍTMO. É UM MUNDO ESPECIAL PARA PESSOAS ESPECIAIS..."

LIBRAS

LIBRAS
" A Língua de Sinais é, nas mãos de seus mestres, uma linguagem das mais belas e expressivas, para a qual, no contato entre si é como um meio de alcançar de forma fácil e rápida a mente do surdo, nem a natureza nem a arte proporcionaram um substituto satisfatório." J. Schuyler Long

LIBRAS

LIBRAS
"Se o lugar não está pronto para receber todas as pessoas, então o lugar é deficiente" - Thaís Frota

LIBRAS

LIBRAS
Aprender Libras é respirar a vida por outros ângulos, na voz do silêncio, no turbilhão das águas, no brilho do olhar. Aprender Libras é aprender a falar de longe ou tão de perto que apenas o toque resolve todas as aflições do viver, diante de todos os desafios audíveis. Nem tão poético, nem tão fulgaz.... apenas um Ser livre de preconceitos e voluntário da harmonia do bem viver.” Luiz Albérico B. Falcão

PEDAGOGIA SURDA

PEDAGOGIA SURDA
PROFESSOR BILÍNGUE

QUANDO EU ACEITO A LÍNGUA DE SINAIS

QUANDO EU ACEITO A LÍNGUA DE SINAIS
“ A língua de sinais anula a deficiência e permite que os surdos constituam, então, uma comunidade lingüística minoritária diferente e não um desvio da normalidade”. Skliar

quinta-feira, 30 de outubro de 2014

Sapheara: super heroína da Marvel com implante coclear bilateral


marvel-Sapheara

A Marvel desenvolveu um super-herói surdo em 2012 chamado The Blue Ear, para convencer um garotinho, então com quatro anos de idade, Anthony Smith, que desistiu de seus aparelhos auditivos por frustração e os enterrou na areia, que nem a deficiência pode impedir alguém de ser um super-herói. O Blue Ear Azul uniu forças com o Gavião Arqueiro naquela época, e vai estar ao lado de uma nova super-heroína com deficiência auditiva, Sapheara.
Sapheara usa implantes cocleares, e foi criada pela Marvel Soluções Personalizadas e pelo Instituto de Audição Infantil de Nova York.
Lançada no instituto de Audição Infantil de Nova York e pela Enfermaria de Olhos e Ouvidos do Hospital Mount Sinai, a série “Efeitos Sonoros” de quadrinhos da Marvel mostra a nova heroína, juntamente com seu parceiro, que foi renomeado em homenagem ao menino que o inspirou, em parceria com Homem de Ferro para combater o crime, bem como educar as crianças sobre como usar corretamente e manter aparelhos auditivos.
A história em quadrinhos mostra que, assim como o Demolidor, que tem deficiência visual, não significa que você não pode ser um super-herói. Ao lado de várias das pessoas que trabalham duro por trás do projeto, o Homem de Ferro fez uma aparição para endossar seus novos amigos. Dr. Ronald Hoffman, o diretor do Instituto de ouvido na Enfermaria de Olhos e Ouvidos do Hospital Mount Sinai, em Nova York, criou originalmente a idéia para a nova dupla, em um esforço para encorajar a confiança para as crianças com surdez total ou parcial e suas famílias.
Dr. Hoffman disse:
“Tendo Sapheara como um recurso para o entretenimento e educação, é possível ajudar muito mais pacientes a receberem as avaliações e os cuidados de que necessitam para levar uma vida ativa e engajada”.
A revista em quadrinhos será distribuído para cerca de 150 mil alunos, que vão de 3 a 7 ª série, em Nova York.

 http://cronicasdasurdez.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMENTE AQUI NO BLOG!!!
SEU COMENTÁRIO FAZ TODA DIFERENÇA!!!

Um comentário é o que você pensa, sua opinião, alguma coisa que você quer falar comigo.

BJOS SINALIZADOS.