RYBENINHA

RYBENINHA
SINAL: BEM -VINDOS

DÊ-ME TUA MÃO QUE TE DIREI QUEM ÉS



“Em minha silenciosa escuridão,
Mais claro que o ofuscante sol,
Está tudo que desejarias ocultar de mim.
Mais que palavras,
Tuas mãos me contam tudo que recusavas dizer.
Frementes de ansiedade ou trêmulas de fúria,
Verdadeira amizade ou mentira,
Tudo se revela ao toque de uma mão:
Quem é estranho,
Quem é amigo...
Tudo vejo em minha silenciosa escuridão.
Dê-me tua mão que te direi quem és."


Natacha (vide documentário Borboletas de Zagorski)


SINAL DE "Libras"

SINAL DE "Libras"
"VOCÊ PRECISA SER PARTICIPANTE DESTE MUNDO ONDE MÃOS FALAM E OLHOS ESCUTAM, ONDE O CORPO DÁ A NOTA E O RÍTMO. É UM MUNDO ESPECIAL PARA PESSOAS ESPECIAIS..."

LIBRAS

LIBRAS
" A Língua de Sinais é, nas mãos de seus mestres, uma linguagem das mais belas e expressivas, para a qual, no contato entre si é como um meio de alcançar de forma fácil e rápida a mente do surdo, nem a natureza nem a arte proporcionaram um substituto satisfatório." J. Schuyler Long

LIBRAS

LIBRAS
"Se o lugar não está pronto para receber todas as pessoas, então o lugar é deficiente" - Thaís Frota

LIBRAS

LIBRAS
Aprender Libras é respirar a vida por outros ângulos, na voz do silêncio, no turbilhão das águas, no brilho do olhar. Aprender Libras é aprender a falar de longe ou tão de perto que apenas o toque resolve todas as aflições do viver, diante de todos os desafios audíveis. Nem tão poético, nem tão fulgaz.... apenas um Ser livre de preconceitos e voluntário da harmonia do bem viver.” Luiz Albérico B. Falcão

PEDAGOGIA SURDA

PEDAGOGIA SURDA
PROFESSOR BILÍNGUE

QUANDO EU ACEITO A LÍNGUA DE SINAIS

QUANDO EU ACEITO A LÍNGUA DE SINAIS
“ A língua de sinais anula a deficiência e permite que os surdos constituam, então, uma comunidade lingüística minoritária diferente e não um desvio da normalidade”. Skliar

quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

Casal lança canal no Youtube com receitas em língua de sinais

Com o intuito de reunir surdos e ouvintes no mesmo play, Débora Claudio Dable e Felipe Dable lançaram em novembro o canal Chef Cenoura no Youtube. Mas este canal tem um tempero a mais: em todos os vídeos, Débora interpreta as receitas em língua de sinais, usada por surdos e mudos, enquanto Felipe comanda o fogão. A proposta é uma versão audiovisual das receitas que eles publicam há dois anos no blog Chef Cenoura. As receitas são ovo-lacto-vegetarianas e o casal reproduz algumas já publicadas no blog e outras inéditas. A direção e captação é de Lucas Costa, amigo do casal.
O diretor Lucas Costa com o cachorro xxxx, Débora e Felipe Dable, intérprete e cozinheiro do Chef Cenoura, respectivamente. Foto: Divulgação
O diretor Lucas Costa com o cachorro Bart, Débora e Felipe Dable, intérprete e cozinheiro do Chef Cenoura, respectivamente. Foto: Divulgação
“A língua brasileira de sinais (Libras) tem uma gramática diferente do português, então não é tão fácil acompanhar um vídeo com legendas para um surdo. Na minha família, sempre falamos em português e Libras ao mesmo tempo, porque minha irmã mais velha é surda profunda”, contou Débora. A ideia do canal surgiu durante um feriado, quando Débora perguntou à irmã se facilitaria para ela entender as receitas em vídeos com Libras. “Ela disse que se pudesse aprender receitas por vídeo cozinharia muito mais. Se não facilitasse para os surdos, não faríamos os vídeos neste formato”.

Batatas ao murro



O casal se conheceu na faculdade, quando ambos estudavam psicologia e moravam no Rio Grande do Sul. Naquela época, ela já falava Libras e ele já cozinhava, influenciado pela mãe, especialista em gastronomia francesa, e pelo pai, cozinheiro amador de mão cheia. Felipe se lembra de estar na cozinha desde os 15 anos, inventando almoços, lanches para os amigos, jantares.


Hambúrguer de grão-de-bico com cenoura



Débora se mudou para Curitiba pouco antes de Felipe. Em 2014, depois de sete anos juntos, criaram o blog para “ajudar os familiares e amigos a entenderem o que comem”. Ela é intérprete na UTFPR e professora de Libras na Universidade Positivo e ele é psicólogo e dá aulas na mesma faculdade. Com seis vídeos publicados até 15 de dezembro, o retorno tem sido positivo. “Surdos de todo o Brasil nos procuraram agradecendo. Teve uma menina ouvinte que mandou mensagem e disse que está estudando Libras e que vai aproveitar para estudar cozinha assistindo ao nosso canal”, comemora Débora.
 
Endívia com gorgonzola



http://www.gazetadopovo.com.br/bomgourmet/receitas-em-linguas-de-sinais/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMENTE AQUI NO BLOG!!!
SEU COMENTÁRIO FAZ TODA DIFERENÇA!!!

Um comentário é o que você pensa, sua opinião, alguma coisa que você quer falar comigo.

BJOS SINALIZADOS.