RYBENINHA

RYBENINHA
SINAL: BEM -VINDOS

DÊ-ME TUA MÃO QUE TE DIREI QUEM ÉS



“Em minha silenciosa escuridão,
Mais claro que o ofuscante sol,
Está tudo que desejarias ocultar de mim.
Mais que palavras,
Tuas mãos me contam tudo que recusavas dizer.
Frementes de ansiedade ou trêmulas de fúria,
Verdadeira amizade ou mentira,
Tudo se revela ao toque de uma mão:
Quem é estranho,
Quem é amigo...
Tudo vejo em minha silenciosa escuridão.
Dê-me tua mão que te direi quem és."


Natacha (vide documentário Borboletas de Zagorski)


SINAL DE "Libras"

SINAL DE "Libras"
"VOCÊ PRECISA SER PARTICIPANTE DESTE MUNDO ONDE MÃOS FALAM E OLHOS ESCUTAM, ONDE O CORPO DÁ A NOTA E O RÍTMO. É UM MUNDO ESPECIAL PARA PESSOAS ESPECIAIS..."

LIBRAS

LIBRAS
" A Língua de Sinais é, nas mãos de seus mestres, uma linguagem das mais belas e expressivas, para a qual, no contato entre si é como um meio de alcançar de forma fácil e rápida a mente do surdo, nem a natureza nem a arte proporcionaram um substituto satisfatório." J. Schuyler Long

LIBRAS

LIBRAS
"Se o lugar não está pronto para receber todas as pessoas, então o lugar é deficiente" - Thaís Frota

LIBRAS

LIBRAS
Aprender Libras é respirar a vida por outros ângulos, na voz do silêncio, no turbilhão das águas, no brilho do olhar. Aprender Libras é aprender a falar de longe ou tão de perto que apenas o toque resolve todas as aflições do viver, diante de todos os desafios audíveis. Nem tão poético, nem tão fulgaz.... apenas um Ser livre de preconceitos e voluntário da harmonia do bem viver.” Luiz Albérico B. Falcão

PEDAGOGIA SURDA

PEDAGOGIA SURDA
PROFESSOR BILÍNGUE

QUANDO EU ACEITO A LÍNGUA DE SINAIS

QUANDO EU ACEITO A LÍNGUA DE SINAIS
“ A língua de sinais anula a deficiência e permite que os surdos constituam, então, uma comunidade lingüística minoritária diferente e não um desvio da normalidade”. Skliar

quinta-feira, 2 de março de 2017

Universidade do Pará terá primeiro curso de Pedagogia Bilíngue EaD do Brasil


Pedagogia Bilíngue EaD do Brasil
Curso formará professores, gestores educacionais e pessoas com surdez aptas a atuar na Educação Infantil e nas séries iniciais do Ensino Fundamental.
A Universidade do Estado do Pará (Uepa), em 2017, irá ofertar 30 vagas para a graduação em Pedagogia Licenciatura na perspectiva Bilíngue – Língua Brasileira de Sinais (Libras) e Língua Portuguesa. O curso de Educação a Distância (EaD), na modalidade semipresencial, é o primeiro no Brasil e partiu de uma parceria com o Ministério da Educação (MEC) por meio do Instituto Nacional de Educação de Surdos (Ines/RJ). A Uepa é a única na esfera estadual a ser polo presencial da graduação.
O Manual do Candidato, Provas e Resultados, assim como todas as etapas da seleção estarão em Libras. Os candidatos cegos terão a prova ampliada e auxílio de ledor. A previsão é que o Edital seja divulgado ainda neste primeiro semestre de 2017.
O curso, com duração de quatro anos e meio, formará professores, gestores educacionais e pessoas com surdez aptas a atuar na Educação Infantil e nas séries iniciais do Ensino Fundamental. A coordenadora da graduação, professora Maria Joaquina Nogueira, ressalta a necessidade de formar profissionais preparados a ensinar a primeira língua dos surdos.
“O curso vem para suprir a lacuna na Educação Infantil. Temos o índice de 95% de crianças surdas que são filhos de pais ouvintes. A escola é o local para a criança aprender a sua língua natural. A maioria dos professores não estão preparados. São raras as exceções. Nada mais digno para a criança do que aprender a Língua Brasileira de Sinais”, ressalta a educadora.
Sala do Futuro
Para fortalecer o processo de ensino e aprendizagem dos futuros acadêmicos do curso, a Uepa contará com o que há de mais tecnológico em sala de aula. O Centro de Ciências Sociais e Educação (CCSE), Campus I da Uepa, terá a Sala Revoluti, também conhecida como Sala do Futuro. O nome se justifica ao fato de o ambiente escolar não ter lousa magnética e obedecer a inovadora estrutura de mesas e cadeiras.
Na Sala do Futuro haverá um computador acoplado na mesa de cada aluno. As mesas informatizadas são totalmente flexíveis, facilitando a formação de duplas e trios. A sala ampla, totalmente climatizada, permite a locomoção do professor e dos próprios alunos entre as mesas e cadeiras, com possibilidades na mudança do layout, conforme as atividades.
O espaço levará o nome do surdo que impulsionou a criação da Associação de Surdos de Belém, Claudio Tholstoi Pinto. A sala será apresentada à comunidade acadêmica na próxima terça-feira, 21 de fevereiro, após reunião programada para as 14h30, com a coordenação geral do Ines.
O convênio com o Ines, referência em educação de surdos, foi firmado em 18 de junho de 2016 e está fechado pelos próximos cinco anos. Durante esse tempo o curso abrirá o total de 150 vagas, 30 em cada ano. A gestão superior da universidade com a direção do CCSE trabalhou intensamente para que o curso se tornasse realidade.
Com essa graduação, a Uepa reforça o cumprimento do Plano Nacional dos Direitos de Pessoas com Deficiência – Plano Viver sem Limite, ao propor a formação docente baseada na realidade multilíngue do país e assegurando os direitos linguísticos das pessoas surdas.

https://www.moodlelivre.com.br/noticias/2134-universidade-do-para-tera-primeiro-curso-de-pedagogia-bilingue-ead-do-brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMENTE AQUI NO BLOG!!!
SEU COMENTÁRIO FAZ TODA DIFERENÇA!!!

Um comentário é o que você pensa, sua opinião, alguma coisa que você quer falar comigo.

BJOS SINALIZADOS.