RYBENINHA

RYBENINHA
SINAL: BEM -VINDOS

DÊ-ME TUA MÃO QUE TE DIREI QUEM ÉS



“Em minha silenciosa escuridão,
Mais claro que o ofuscante sol,
Está tudo que desejarias ocultar de mim.
Mais que palavras,
Tuas mãos me contam tudo que recusavas dizer.
Frementes de ansiedade ou trêmulas de fúria,
Verdadeira amizade ou mentira,
Tudo se revela ao toque de uma mão:
Quem é estranho,
Quem é amigo...
Tudo vejo em minha silenciosa escuridão.
Dê-me tua mão que te direi quem és."


Natacha (vide documentário Borboletas de Zagorski)


SINAL DE "Libras"

SINAL DE "Libras"
"VOCÊ PRECISA SER PARTICIPANTE DESTE MUNDO ONDE MÃOS FALAM E OLHOS ESCUTAM, ONDE O CORPO DÁ A NOTA E O RÍTMO. É UM MUNDO ESPECIAL PARA PESSOAS ESPECIAIS..."

LIBRAS

LIBRAS
" A Língua de Sinais é, nas mãos de seus mestres, uma linguagem das mais belas e expressivas, para a qual, no contato entre si é como um meio de alcançar de forma fácil e rápida a mente do surdo, nem a natureza nem a arte proporcionaram um substituto satisfatório." J. Schuyler Long

LIBRAS

LIBRAS
"Se o lugar não está pronto para receber todas as pessoas, então o lugar é deficiente" - Thaís Frota

LIBRAS

LIBRAS
Aprender Libras é respirar a vida por outros ângulos, na voz do silêncio, no turbilhão das águas, no brilho do olhar. Aprender Libras é aprender a falar de longe ou tão de perto que apenas o toque resolve todas as aflições do viver, diante de todos os desafios audíveis. Nem tão poético, nem tão fulgaz.... apenas um Ser livre de preconceitos e voluntário da harmonia do bem viver.” Luiz Albérico B. Falcão

PEDAGOGIA SURDA

PEDAGOGIA SURDA
PROFESSOR BILÍNGUE

QUANDO EU ACEITO A LÍNGUA DE SINAIS

QUANDO EU ACEITO A LÍNGUA DE SINAIS
“ A língua de sinais anula a deficiência e permite que os surdos constituam, então, uma comunidade lingüística minoritária diferente e não um desvio da normalidade”. Skliar

domingo, 26 de junho de 2016

Primeira escola bilíngue é inaugurada em Limeira

 

Para melhorar o desempenho acadêmico e incluir socialmente as crianças que possuem deficiência auditiva, a Prefeitura de Limeira, por meio da Secretaria de Educação e Ceprosom, inaugurou nesta quinta-feira (23/06), o projeto de Escola de Educação Bilíngue Libras/Língua Portuguesa, que funcionará na Ceief Flora de Castro Rodrigues.

A iniciativa será realizada de forma conjunta com o Centro Educacional João Fischer Sobrinho – Área Surdez, que agora atenderá em novo prédio na rua Carlos Gomes, 1.418, Centro, que também inaugurou o prédio na data.
O prefeito Paulo Hadich falou sobre a posição dessa gestão em priorizar as políticas públicas sociais. “É importante que tenhamos políticas que tratem o indivíduo de maneira globalizada. Aproveito para agradecer também todas empresas parceiras desses projetos sociais”, disse.
Ainda de acordo com Hadich, depois de já ter concretizado as transferências do Cema (Centro Municipal de Autista), com o objetivo de dobrar o atendimento e também a transferência do prédio da Área Visual para a Vila Paraíso, ainda faltava realizar a transferência da área de Surdez. “Toda essa luta foi para buscarmos cada vez mais uma sociedade mais justa, solidária e fraterna. Com essa mudança nós conseguiremos dar uma atenção muito superior para as crianças com deficiência”, ressaltou o prefeito.
O evento contou com a presença do vice-prefeito Antônio Carlos Lima, da coordenadora do projeto no João Fischer, Maria Rita Cabral, da secretária de educação, Adriana Ijano Motta, da presidente do Ceprosom, Ana Maria Sampaio, das vereadoras, Érika Monteiro Moraes e Érika Tank, além da fundadora do Centro Educacional João Fischer, Dora Arcaro, além de conselheiros, pais e alunos. O bispo Vilson Dias de Oliveira também esteve presente e realizou uma benção.
Maria Rita Cabral, coordenadora do João Fischer, falou sobre a importância da iniciativa que existe há 30 anos. “Hoje é um dia de agradecimento. Em 30 anos de existência conseguimos cada vez mais melhorar e ampliar o atendimento, por isso pedimos ao prefeito para mudarmos de lugar. Agradeço também a secretária Adriana pela parceria nesse projeto”, ressaltou.
“Gostaria de informar a todos que o prefeito Paulo foi reconhecido como “Prefeito Amigo das Crianças”. Esse prêmio foi conquistado desde o primeiro dia do governo que decidiu investir no projeto de educação. Ele me deu a incumbência de tornar esse Centro Educacional uma referência”, disse a presidente do Ceprosom.
ESCOLA
Para esta mudança, a Secretaria de Educação firmou uma parceria com o Ceprosom, por meio do Centro Educacional João Fischer Sobrinho – Área Surdez, cada um contribuirá na realização de trabalho articulado com a escola, por meio de apoio e suporte de intérpretes, professores surdos, fonoaudiólogos, psicólogos, terapeutas ocupacionais, assistentes sociais e educadores especializados em Libras.
Para Flávia Rodrigues, mãe do aluno Pedro Henrique R. de Jesus, 9 anos, o desempenho do filho que estuda escola Flora tem melhorado muito depois de ter entrado para o João Fischer. “Hoje ele é uma outra criança. O seu desenvolvimento está cada vez melhor, principalmente quando ele começou a ter contato com a Libras”, informou.
Adriana Motta ressaltou a importância de implantar a primeira escola bilíngue em Limeira, da parceria com o Ceprosom, por meio do Centro Educacional, além do apoio do prefeito para a realização do projeto. “É uma imensa alegria ver esse espaço funcionar agora no Centro da cidade e ainda ser ampliado. Mas é também uma imensa satisfação poder incluir os alunos surdos a esse projeto de escola bilíngue. A escola Flora foi escolhida estrategicamente para oferecer esse aprendizado a eles. Vamos precisar fortalecer ainda mais essa parceria pra melhorar cada vez mais esse incentivo”, destacou a secretária.

http://www.surdosol.com.br/primeira-escola-bilingue-e-inaugurada-em-limeira/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMENTE AQUI NO BLOG!!!
SEU COMENTÁRIO FAZ TODA DIFERENÇA!!!

Um comentário é o que você pensa, sua opinião, alguma coisa que você quer falar comigo.

BJOS SINALIZADOS.