RYBENINHA

RYBENINHA
SINAL: BEM -VINDOS

DÊ-ME TUA MÃO QUE TE DIREI QUEM ÉS



“Em minha silenciosa escuridão,
Mais claro que o ofuscante sol,
Está tudo que desejarias ocultar de mim.
Mais que palavras,
Tuas mãos me contam tudo que recusavas dizer.
Frementes de ansiedade ou trêmulas de fúria,
Verdadeira amizade ou mentira,
Tudo se revela ao toque de uma mão:
Quem é estranho,
Quem é amigo...
Tudo vejo em minha silenciosa escuridão.
Dê-me tua mão que te direi quem és."


Natacha (vide documentário Borboletas de Zagorski)


SINAL DE "Libras"

SINAL DE "Libras"
"VOCÊ PRECISA SER PARTICIPANTE DESTE MUNDO ONDE MÃOS FALAM E OLHOS ESCUTAM, ONDE O CORPO DÁ A NOTA E O RÍTMO. É UM MUNDO ESPECIAL PARA PESSOAS ESPECIAIS..."

LIBRAS

LIBRAS
" A Língua de Sinais é, nas mãos de seus mestres, uma linguagem das mais belas e expressivas, para a qual, no contato entre si é como um meio de alcançar de forma fácil e rápida a mente do surdo, nem a natureza nem a arte proporcionaram um substituto satisfatório." J. Schuyler Long

LIBRAS

LIBRAS
"Se o lugar não está pronto para receber todas as pessoas, então o lugar é deficiente" - Thaís Frota

LIBRAS

LIBRAS
Aprender Libras é respirar a vida por outros ângulos, na voz do silêncio, no turbilhão das águas, no brilho do olhar. Aprender Libras é aprender a falar de longe ou tão de perto que apenas o toque resolve todas as aflições do viver, diante de todos os desafios audíveis. Nem tão poético, nem tão fulgaz.... apenas um Ser livre de preconceitos e voluntário da harmonia do bem viver.” Luiz Albérico B. Falcão

PEDAGOGIA SURDA

PEDAGOGIA SURDA
PROFESSOR BILÍNGUE

QUANDO EU ACEITO A LÍNGUA DE SINAIS

QUANDO EU ACEITO A LÍNGUA DE SINAIS
“ A língua de sinais anula a deficiência e permite que os surdos constituam, então, uma comunidade lingüística minoritária diferente e não um desvio da normalidade”. Skliar

sábado, 6 de setembro de 2014

Eu amo meus aparelhos auditivos, Eu amo meu implante coclear


Eu amo meus aparelhos auditivos, Eu amo meu implante coclear

Uma das coisas que me surpreendeu na pesquisa que pedi que os leitores do blog respondessem foi a quantidade de adolescentes que contou que tem indicação de uso de implante coclear ou aparelho auditivo mas não usa porque sente vergonha. Isso me deixa muito, mas MUITO triste e ansiosa por fazer alguma coisa que inspire esses leitores a mudar de idéia. Então, decidi convidar os usuários orgulhosos de AASI e IC para que mandassem uma foto sua e uma pequena mensagem. Chamei, no início, leitores adolescentes, mas acabei percebendo que no fundo todos nós somos eternas crianças/adolescentes e, se amamos a tecnologia que nos traz para o mundo sonoro, o mínimo que podemos fazer é ajudar a inspirar aqueles que podem se beneficiar do seu uso mas não o fazem por vergonha, medo ou teimosia. Olha só quanta gente linda, elegante e sincera topou participar! Vocês têm noção de como é bonito fazer e ver um post desses? Adolescentes e adultos que abraçam o som e a vida e que não imaginam o impacto que essas fotos terão naqueles que estão atrás da tela do computador tentanto juntar coragem para isso. A cada um de vocês eu gostaria de dizer: muito obrigado! Por serem exemplos, por buscarem reabilitação auditiva e por se disporem a ajudar quem precisa. Afinal, um dia fomos nós que precisamos de inspiração para mudar de vida e, graças à generosidade de alguém, conseguimos! <3 p="">
talita

‘Se eu tenho vergonha de expor o meu AASI? Só quando eu era criança, bem pequeninha! E depois disso, não liguei mais e fui abusando de cabelo preso. Tenho 22 anos e uso o AASI mais ou menos 20 anos e sou orgulhosa disso e faço questão de deixar à mostra, porque é tudo na minha vida! Não vivo sem ouvir, fico chateada quando as pilhas acabam bem em algum momento e eu nunca me esqueço de pôr nos meus ouvidos antes de sair de casa!  Não sinta vergonha por ter que usar isso, afinal, você pode muito bem OUVIR! E não ligue para as pessoas que vão te olhar torto. Seja feliz com o seu AASI, é e vai ser sempre um parceiro para toda a sua vida! =)
Beijos sonoros e um abraço! Talita Capistrano’


Desktop

‘Me chamo Gabriel, tenho 17 anos, tenho deficiência auditiva profunda uso o implante coclear há 6 meses. NÃO tenho vergonha nenhuma dele porque minha vida se torna mais completa com ele, que tira todas as dificuldades de comunicação com meus amigos. Posso ntender tudo que assisto na TV e Youtube. E eu penso que ele é uma coisa tão boa que qualquer julgamento bobo sobre sua beleza não supera a beleza de ouvir e entender tudo e todos! #SemICNuncaMais #EscutarE10 Gabriel Oliveira’


renataorsi

‘Amo de paixão meu AASI. É tanto amor que não me vejo sem ele! Ele que me deu asas… Me ajudou a estudar, me formar em odontologia, a casar (e repetir direitinho as palavras do padre), a ouvir, mesmo que baixinho, meu bebê chorar, depois o meu bebê cantar na escolinha… A aprender uma nova língua… Viajar… Sempre esteve ao meu lado e raras vezes me deixou na mão!  Renata Orsi’

karlena

‘Definitivamente, eu me sinto orgulhosa de usar aparelho auditivo, talvez seja porque me ajuda a ‘viver’, ou talvez seja porque é tão gostoso descobrir cada barulho diferente, cada risada, cada gritaria, cada conversa, cada voz, cada música (ainda to em andamento a treinar audição, mas por enquanto eu só sinto em ritmo).. ou seja, tudo é novidade para mim, eu adoro perguntar: o que foi aquilo, que barulho é esse. Quando ligam o rádio, pergunto logo: tá passando música? Ou é a pessoa que fala? Também gosto muito de escutar dentro do cinema, eu acho legal e diferente. Além do lado bom e gostoso de escutar, também descobri e percebi o quanto as pessoas se estressam às vezes, por mais que sejam pequenos barulhos, são irritantes, assim como talheres batendo contra prato, a ponta da caneta… Antes eu ria da cara delas dizendo que era para relaxarem e que não era grande coisa, e agora é ao contrário, riem de mim quando digo que tá chato o som. Bem, o que eu quero dizer é que em primeiro lugar, você tem que pensar em si mesma, o que exatamente você quer, se tem vontade de escutar ou não. Não se importe com o que outras pessoas falarão ou pensarão de você, pois a vida não é delas, é sua… Mesmo se elas não te apoiarem ou algo assim, apenas deixe-as pra lá, procure sua própria felicidade, siga o seu coração e o mais importante, tem que ter força de vontade e paciência para ter um bom resultado. Eu sei que no final, vai valer a pena. Boa sorte, to na torcida e mil beijos!!  Karlena Magno’

mariarosa

‘Amei a iniciativa, vamos ajudar as pessoas que precisam usar AASI, e não o fazem por vergonha, a terem uma vida melhor! Maria Rosa Bianchini’

foto kariny

‘Eu sou a Kariny e esse é o meu amor, meu AASI, parte de mim, que me proporciona pequenos prazeres da vida que me deixa maravilhada: ouvir a chuva, os pássaros e até mesmo o chiado chato da panela de pressão. Sou grata à deficiência por me fazer desenvolver tão bem todos os outros sentidos e por manter perto de mim somente quem realmente vale a pena e se importa comigo! Kariny Gabriela’
IMG_1718
‘Meu nome é Luana, tenho 16 anos, uso AASI há pouco menos de um ano, quando tive uma perda auditiva bilateral moderada. Fiquei um tempo sem usar aparelho auditivo até descobrir o que tinha acontecido com minha audição. Agora só agradeço por ter esses aparelhinhos comigo onde eu esteja, foi através deles que consegui uma maior interação com o mundo que me cerca. A vida com eles se torna o mais próximo da normalidade possível! Luana Valentini’
Processed with Moldiv
‘Não sou adolescente mas estou encaminhando a foto! Você me ajudou muito no meu processo! Inclusive fui no Dr. Lavinsky após conversar com você por email! Bjs Fernanda Trajano’
IC NATÁLIA-001
‘Nasci surda , tenho 18 anos, sou implantada há 9 meses. Antes não ouvia nada, era muito ruim. Agora consigo ouvir muito, eu estou muito feliz. Gosto de ouvir o barulho da música com fone. Ouvir é importante para falar certo. EU AMO O IMPLANTE COCLEAR, e nunca vou parar de usar! Natalia Marina’

PicsArt_1409879248177-001
O amor pelos aparelhos começa quando eles juntos no ouvido formam um coração. Um coração que nos traz a alegria de viver, sem eles não sou nada, sem eles eu fico sem chão, perdida no mundo falante. Eles funcionando são como um coração batendo, se parar eu paro também. Seja você. Jamais tenha vergonha de usa-los, verás como sua vida vai mudar. É pelo seu bem, é pelo nosso bem.  Carmela Dorneles da Luz’
IMG_20140904_211645-001
‘Me chamo Lucilene, tenho 30 anos, e fazem 1 ano e 5 meses que uso AASI. Minha perda é nós dois ouvidos, por motivo de medicação para tuberculose. Meu “relacionamento” com eles foi amor à primeira ouvida rsrsrs, não consigo ficar sem, estou tão acostumada que é como uma peça de roupa, se eu não colocar me sinto nua. São meus amigos mais fiéis, pois me auxiliam e muito no meu dia-a-dia. Não tenho vergonha alguma de usá-los, e também não escondo, sempre saio com meu cabelo amarrado, pois prefiro dá muito menos microfonia, e me sinto tão bem que chego a esquecer que uso AASI. Amo meus aparelhos auditivos!”
image
‘Primeiramente eu gostaria te dizer que eu amo seu blog e te agradeço por trazer a oportunidade de falar um pouquinho da minha vida. Os meus familiares descobriram que eu tinha surdez profunda bilateral com 9 meses e com 2 anos e meio fui indicada a fazer cirurgia no ouvido direito no centrinho de Bauru e tudo correu bem. Durante os anos fiz várias sessões com a fonoaudióloga e no ano passado recebi alta. Tenho uma vida normal comparada a outros adolescentes da minha idade. Sempre estudei em uma escola normal tendo, algumas vezes, dificuldades com a interpretação de textos; faço esportes, saio com os meus amigos e nunca tive problemas pessoais com eles. Já morei 4 anos na Itália, aprendi a falar fluentemente o italiano e também o inglês. E hoje estou terminando o ensino médio e pretendo fazer engenharia química. Agradeço á Deus , aos médicos , às minhas fonos e aos meus familiares por me apoiarem e o implante coclear foi muito importante para minha vida. E já me perguntaram se eu sou ouvinte ou surda e claro que respondi a eles que sou surda com muito orgulho! Já vi muitos jovens e também adultos que não querem utilizar o AASI ou IC, pois fazem muito barulho ou incomodam ou ainda acham que é horrível usar um desses aparelhos no ouvido e optam pela Libras, porém estão perdendo a oportunidade de escutar os sons deste mundo, a ouvir música, a ouvir a voz dos seus pais chamando o seu nome e escutar a sua própria voz. Sim, no começo do uso do aparelho pode incomodar como aconteceu comigo, mas depois se acostuma e a vida é assim! E aconselho a todos a escolher este caminho! Ísis Bortoluzzi”
 jj
‘Vergonha, nunca senti! pelo contrário com ele aprendi a “voar”. Me orgulho dele! não vivo sem meu aparelho, amo demais! Sou muito feliz com ele. Camile Lima’
 
 http://cronicasdasurdez.com/eu-amo-meus-aparelhos-auditivos-eu-amo-meu-implante-coclear/?utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Feed%3A+CronicasSurdez+%28Cr%C3%B4nicas+da+Surdez%29

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMENTE AQUI NO BLOG!!!
SEU COMENTÁRIO FAZ TODA DIFERENÇA!!!

Um comentário é o que você pensa, sua opinião, alguma coisa que você quer falar comigo.

BJOS SINALIZADOS.